Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/11876
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Os bestiários de Guimarães Rosa em Ave, Palavra
metadata.dc.creator: Pereira, Ivani Maria
metadata.dc.contributor.advisor1: Cunha, Betina Ribeiro Rodrigues da
metadata.dc.contributor.referee1: Camargo, Fábio Figueiredo
metadata.dc.contributor.referee2: Coutinho, Eduardo de Faria
metadata.dc.description.resumo: Esta dissertação se propõe refletir acerca da presença dos animais na literatura, objetivando elucidar elementos composicionais de textos selecionados da obra do escritor João Guimarães Rosa, nos quais a temática bestiário, principalmente, inserida em novos fazeres literários pode ser discutida. Para isto, primeiramente, percorremos, de forma concisa, a biografia de Rosa, e também tratamos de privilegiar uma ótica que espera pensar a presença dos animais na trajetória literária rosiana. Na sequência, apresentamos sua última obra, Ave, Palavra, cujos textos trabalham com a temática sobre os animais de forma intensa. Mais do que isso, ampliamos nosso olhar para relação existente entre Homem e animal em uma perspectiva moderna, uma vez que os textos rosianos permitem reflexões por esses vieses, devido aos conteúdos cujos procedimentos estéticos dialogam diretamente com as características da construção literária moderna ou, pelo menos, com renovadas configurações textuais. Posteriormente, refletimos sobre os gêneros literários, contemplando, especialmente, a prosa poética nas produções de Rosa, possibilitando melhores compreensões sobre questões que circundam a zoopoética rosiana. Fizeram-se impreterivelmente necessárias, antes de investigar o bestiário rosiano especificamente, uma observância conceitual e uma retomada histórica a respeito do gênero bestiário, focalizando o período medieval, subsequente a uma contextualização da zooliteratura revisitada e atualizada; por fim, nas análises dos textos Aquário (Berlim) e Aquário (Nápoles) , de Ave, Palavra, buscou-se evidenciar o bestiário ao estilo rosiano e à luz de algumas premissas investigativas da ecocrítica. Trabalhamos, deste modo, a complexidade da escritura de João Guimarães Rosa com relação aos bestiários, tendo como lastro questões suscitadas em textos de sua carreira literária e, sobretudo, de sua obra póstuma, Ave, Palavra, refletindo sobre a fronteira entre humano e inumano, a qual oportuniza olhares interpretativos sob a figura do homem moderno.
Abstract: This dissertation aims to reflect upon the presence of animals in Literature, seeking to elucidate compositional elements of selected texts from the work of the writer João Guimarães Rosa in which the bestiary theme, mainly, inserted in new literary writing, can be discussed. In order to do that, firstly we will travel, in a concise way, through Rosa´s biography and also we will privilege a perspective that aims at thinking the presence of animals in the literary journey of Guimarães Rosa. Following that we will present his last work, Ave, Palavra, whose texts portray the animal theme intensely. More than that, we magnified our view to the existing relationship between Man and animal in a modern perspective since Rosa´s texts allow us to reflect those biases because of its contents whose aesthetic procedures dialogue directly with the characteristics of modern literary construction or, at least, renewed textual configurations. After, we reflected upon literary genres, contemplating, specially, the poetic prose in Rosa´s works, enabling better understanding about the issues that round Rosa´s zoopoetic. It was imperatively necessary, before investigating Rosa´s bestiary specifically, a conceptual view and a historical resumption about the bestiary´s genre, focusing on the medieval times, subsequently to a contextualization of zooliterature, revisited and updated; lastly, upon the analysis of the texts Aquário (Berlim) and Aquário (Nápoles) , from Ave, Palavra, we sought to highlight Rosa´s style of bestiary and also the light of the investigative project of ecocriticism. Therefore, we worked with the complexity of Guimaraes´Rosa writings regarding the bestiaries, having as ballast, issues raised on texts from his literary career and, above all, from his posthumous work, Ave, Palavra, reflecting about the boundaries between human and non human, which enables an interpretative eye upon the picture of the modern man.
Keywords: Guimarães Rosa
Ave, Palavra
Narrativa
Ficção
Bestiário
Narrative
Fiction
Bestiary
Literatura
Literatura brasileira - História e crítica
Rosa, João Guimarães, 1908-1967 - Ave, palavra - Crítica e interpretação
Bestiários - Brasil
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::TEORIA LITERARIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Linguística, Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Letras
Citation: PEREIRA, Ivani Maria. Os bestiários de Guimarães Rosa em Ave, Palavra. 2014. 117 f. Dissertação (Mestrado em Linguística, Letras e Artes) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2014.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/11876
Issue Date: 7-Mar-2014
Appears in Collections:PGLETRAS - Mestrado em Teoria Literária

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BestiariosGuimaraesRosaAve.pdf979.9 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.