Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/11807
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Parque industrial de Patrícia Galvão: engajamento político e projeto estético
metadata.dc.creator: Rodrigues, Juliana Borges
metadata.dc.contributor.advisor1: Azevedo, Luciene Almeida de
metadata.dc.contributor.referee1: Santini, Juliana
metadata.dc.contributor.referee2: Leite, Sylvia Helena Telarolli de Almeida
metadata.dc.description.resumo: O objetivo desse trabalho é a análise do Romance Parque Industrial, de Patrícia Galvão, e de algumas questões vinculadas ao Modernismo brasileiro, principalmente a Semana de 22 e o período da década de 30. Tais questões dizem respeito ao embate entre o conteúdo e a forma, o engajamento político e a pesquisa estética. O desdobramento dessa problematização levounos até a definição do romance proletário e a tematização do outro: a mulher e o proletário. A representação do outro no romance tornou possível especular sobre o papel assumido pela própria autora no Modernismo brasileiro e como ela trabalha a relação do intelectual com o outro em sua obra. A análise empreendida tornou possível problematizar a denominação romance proletário, atribuindo-lhe, com base na revisão crítica empreendida por Luis Bueno, em seu livro Uma História do Romance de 30, um caráter propagandístico da causa proletária. No entanto, apostamos que Pagu não abandona completamente as diretrizes da pesquisa estética tão propalada pelos modernistas de 22 e por isso arriscamo-nos a apontar alguns elementos de construção de uma linguagem diferenciada em sua narrativa.
Abstract: This research aims at analyzing the novel Parque Industrial, by Patrícia Galvão, as well as some issues related to the Brazilian Modernism, mainly the Week of 22 and the 1930s. Such issues concerns to the confrontation between content and format, political engagement and esthetic research. These questionings led us to the definition of the proletary novel and the theming of the other: the woman and the proletary. The representation of the other in the novel raised the possibility of speculating about the role taken by the author herself in the Brazilian Modernism and of questioning how she deals with the relation of the intellectual and the other in her writing. The analysis made it possible to question the propagandistic feature of the proletary novel developed by Luís Bueno´s critics in his book Uma História do Romance de 30, for we state that Pagu does not leave the goals of the esthetic research started by the modernists of 1922. Therefore, we take the risks of pointing some elements of the construction of a diferentiated language in her narrative.
Keywords: Romance proletário
Modernismo brasileiro
Engajamento
Proletário
Mulher
Intelectual
Proletary novel
Brazilian modernism
Political engagement
Proletary
Woman
Intellectual
Galvão, Patricia, 1910-1962 - Crítica e interpretação
Bibliodata Portugues Ficção brasileira - Séc. XX - História e crítica
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::TEORIA LITERARIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Linguística, Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Letras
Citation: RODRIGUES, Juliana Borges. Parque industrial de Patrícia Galvão: engajamento político e projeto estético. 2010. 113 f. Dissertação (Mestrado em Linguística, Letras e Artes) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2010.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/11807
Issue Date: 28-Jan-2010
Appears in Collections:PGLETRAS - Mestrado em Teoria Literária

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Diss Juliana.pdf810.06 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.