Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/31105
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorJesus, Ana Clara-
dc.date.accessioned2021-01-20T16:13:30Z-
dc.date.available2021-01-20T16:13:30Z-
dc.date.issued2020-12-14-
dc.identifier.citationJESUS, Ana Clara. Quedas de pacientes em um hospital público de grande porte: Análise e comparação dos fatores e danos por meio do gráfico de floresta. 2020. 47 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Biomédica) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2021.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufu.br/handle/123456789/31105-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Uberlândiapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectQuedapt_BR
dc.subjectPaciente internadopt_BR
dc.subjectFatores externospt_BR
dc.subjectGráfico de florestapt_BR
dc.subjectDanospt_BR
dc.titleQuedas de pacientes em um hospital público de grande porte: Análise e comparação dos fatores e danos por meio do gráfico de florestapt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
dc.contributor.advisor-co1Rodrigues, Vitor-
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8100236696950427pt_BR
dc.contributor.advisor1Alves, Adriano-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/7340105957340705pt_BR
dc.contributor.referee1Milagre, Selma-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4980687835840176pt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/4322132670005843pt_BR
dc.description.degreenameTrabalho de Conclusão de Curso (Graduação)pt_BR
dc.description.resumoIntrodução: O evento queda de pacientes hospitalizados e suas causas e consequências representam um importante objeto de estudo no meio acadêmico nacional e internacional. A queda pode trazer complicações tanto ao paciente, como danos físicos e psicológicos, quanto à instituição, como prejuízo financeiro e moral. Objetivo: Identificar os fatores externos mais relevantes que causam danos, por meio do gráfico de floresta. Metodologia: Estudo observacional retrospectivo, transversal e quantitativo. Foram analisadas 168 notificações de quedas de pacientes internados entre 2014 e 2019 e selecionados 13 fatores externos (para comparação utilizando o gráfico de floresta. A partir da classificação dos danos em graus de severidade 1, 2, 3 ou 4 (leve, moderado, grave ou óbito, respectivamente), foram realizadas duas análises: na primeira análise considerou-se como evento as quedas com danos de graus 1, 2, 3 ou 4 e não-evento as quedas de grau 0 (sem danos). Na segunda análise o evento considerado foram as quedas com danos de graus 2, 3 ou 4. Resultados: Não foram registradas quedas de grau 4. Os resultados obtidos foram representados por meio de 20 gráficos de floresta. A maioria das quedas ocorreu no quarto ou banheiro. O fator camas altas possui maior chance de resultar em danos leves. Os fatores presença de fiação/mangueira/extensão, iluminação inadequada e obstáculos no caminho apresentaram maior chance de causarem danos graves e o fator piso molhado obteve o maior número de quedas e danos leves a moderados. Conclusão: Conclui-se que há pontos frágeis que requerem mais atenção da gestão de risco e equipe multiprofissional.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.courseEngenharia Biomédicapt_BR
dc.sizeorduration47pt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::ENGENHARIASpt_BR
dc.orcid.putcode87225829-
Appears in Collections:TCC - Engenharia Biomédica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
QuedasdePacientes.pdf1.4 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.