Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/31091
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorSilva, Edileuza Pereira-
dc.date.accessioned2021-01-19T17:06:29Z-
dc.date.available2021-01-19T17:06:29Z-
dc.date.issued2000-
dc.identifier.citationSILVA, Edileuza Pereira. Intensificação de capital e meio ambiente: mudanças no sistema agrícola com irrigação nos cerrados do entorno de Iraí de Minas. 2000. 161 f. Dissertação (Mestrado em Economia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2020. Disponível em: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2000.58.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufu.br/handle/123456789/31091-
dc.description.abstractModern agriculture in the cerrados is in the process of transformation. In its trajectory, irrigation has been used as a tool for intensifying production and as a means to overcome the crisis of realization of agrarian capital. This process provides an increase in the productive and monetary yields of agriculture, however, it also leads to the emergence of environmental problems. In this perspective, this work sought to accompany the evolution of agriculture in the cerrados, seeking to identify a development trend manifested from agricultural modernization. The region of the Surrounding of Irai de Minas was taken as a reference, represented by the Pantaninho and Divisa Microbasins, as it presents representative characteristics of the cerrados agroecosystems and is one of the first areas of developmental intervention through PRODECER. The analysis carried out in this work shows that the irrigated system caused a change in the central axis of the accumulation of the production systems of the Pantaninho plateaus, with the replacement of soybean and corn cultivation by higher value products, with emphasis on beans, peas , potatoes, sweet corn and coffee. On the other hand, the environmental effects of this process have been damaging, given the intensification in the use of land and pesticides, water scarcity and generation of conflicts between producers due to this scarcity. In addition, Divisa's producers have been completely marginalized from this process, mainly because they are located in a rugged area and are poor in natural resources and because of their limited access to financial resources.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Uberlândiapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 United States*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/us/*
dc.subjectAgriculturapt_BR
dc.subjectIraí de Minaspt_BR
dc.subjectCultivo de soja e milhopt_BR
dc.subjectAgroecossistemaspt_BR
dc.titleIntensificação de capital e meio ambiente: mudanças no sistema agrícola com irrigação nos cerrados do entorno de Iraí de Minaspt_BR
dc.title.alternativeIntensification of capital and environment: changes in the agricultural system with irrigation in the cerrados surrounding Iraí de Minaspt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.contributor.advisor1Shiki, Shigeo-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/9319197076561899pt_BR
dc.description.degreenameDissertação (Mestrado)pt_BR
dc.description.resumoA agricultura moderna nos cerrados está em processo de transformação. Em sua trajetória a irrigação está senso usada como uma ferramenta de intensificação produtiva e como um meio para superar a crise de realização do capital agrário. Este processo proporciona um aumento nos rendimentos produtivos e monetários da agricultura, todavia, também leva ao surgimento de problemas ambientais. Nesta perspectiva, este trabalho procurou acompanhar a evolução da agricultura nos cerrados, buscando identificar uma tendência de desenvolvimento manifestada a partir da modernização agrícola. Tomou-se como referencial a região do Entorno de Irai de Minas, representada pelas Microbacias Pantaninho e Divisa, por apresentar características representativas dos agroecossistemas de cerrados e ser uma das primeiras áreas de intervenção desenvolvimentista através do PRODECER. A análise realizada neste trabalho mostra que o sistema irrigado provocou uma mudança no eixo central da acumulação dos sistemas de produção das chapadas do Pantaninho, com a substituição do cultivo de soja e milho por produtos de mais alto valor, cabendo destaque ao feijão, à ervilha, à batata, ao milho doce e ao café. Por outro lado, os efeitos ambientais deste processo têm sido danosos, dada a intensificação no uso da terra e de agrotóxicos, escassez de água e geração de conflitos entre os produtores em função desta escassez. Além disso, os produtores do Divisa têm sido completamente marginalizados deste processo, principalmente por se situarem em uma área acidentada e pobre em recursos naturais e pelo pequeno acesso a recursos financeiros.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Economiapt_BR
dc.sizeorduration161pt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIApt_BR
dc.identifier.doihttp://doi.org/10.14393/ufu.di.2000.58pt_BR
dc.crossref.doibatchiddb0c9b73-7630-4910-92c6-a10433c01cb6-
dc.subject.autorizadoEconomia-
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
IntensificaçãoDeCapital.pdf7.21 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons