Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/30641
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorSuzuki, Fellipe-
dc.date.accessioned2020-12-15T11:57:51Z-
dc.date.available2020-12-15T11:57:51Z-
dc.date.issued2020-05-28-
dc.identifier.citationSUZUKI, Fellipe. Episódios atípicos de fluxos de capitais e crises financeiras. 2020. 131 f. Dissertação (Mestrado em Economia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2020. Disponível em: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2020.3916pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufu.br/handle/123456789/30641-
dc.description.abstractThe objective of this dissertation is to analyze the relationship between unusual capital flows movements, identified in the literature as surges, and financial crisis, under a theorical and empirical perspective. This scientific paper contributes to the literature compiling a group of small method innovations applied in a group of different works, these incremental innovations are: the use of seven surges identification methods, control to a post-crises bias, estimators that treat unobserved heterogeneity and the use of ROC curve as tool to evaluate the performance of the estimators and models. An Early Warning System (EWS) model, based on a multinomial probit model is estimated to test the relationship between surges in capital flows and financial crises for a sample of 161 advanced economies and emerging markets and developing countries for the period of 1970-2017. The results indicate that statistically significant relationships were found between atypical episodes in capital flows and bank crises for all seven methods of identifying atypical episodes used, for total sample the results vary from 6.7% (Surge 1) to 2.3% (Surge 7), the increase in probability in advanced countries is greater than that observed in the total sample (and consequently in emerging countries) ranging from 8.5% (Surge 2) to 5.1% (Surge 4); in the case of currency crises, atypical episodes (identified by Surge 4) increase the probability of currency crises by 2.7% for the total sample, 3.4% for advanced economies and 2.5% for emerging and developing economies ; no statistically significant relationships were identified between atypical episodes in capital flows and sovereign crises. Having the preexisting literature at basis and the empirical tests developed in this paper, it can be stated that are evidences of relationships between capital surges, banking and currency crisis, where capital surges increase the probability of occurrence of this crisis, however the baseline estimated was considerably smaller than other researches. The relationship between capital surges and sovereign crises could not be established.pt_BR
dc.description.sponsorshipCNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológicopt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Uberlândiapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by/3.0/us/*
dc.subjectFluxos de capitaispt_BR
dc.subjectCapital Flowspt_BR
dc.subjectCrises financeiraspt_BR
dc.subjectFinancial Crisespt_BR
dc.subjectSurtos de capitalpt_BR
dc.subjectSurgespt_BR
dc.titleEpisódios atípicos de fluxos de capitais e crises financeiraspt_BR
dc.title.alternativeCapital inflow surges and financial crisispt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.contributor.advisor1Damasceno, Aderbal Oliveira-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/1821516618465695pt_BR
dc.contributor.referee1Guedes, Dyeggo Rocha-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3254975242542741pt_BR
dc.contributor.referee2Silva, Guilherme Jonas Costa da-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/0306216108885949pt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/3599224968329755pt_BR
dc.description.degreenameDissertação (Mestrado)pt_BR
dc.description.resumoO objetivo da dissertação é analisar a relação entre episódios atípicos nos fluxos de capitais e crises financeiras. O trabalho contribui para literatura realizando uma investigação utilizando uma longa série histórica de dados, uma vasta coleção de países e um apanhado de métodos de identificação de episódios atípicos nos fluxos de capitais(7 medidas) em conjunção com pequenas inovações aplicadas em diferentes inquéritos empíricos: a utilização de um controle para viés pós-crise, um estimador capaz de considerar os efeitos da heterogeneidade não observável, através da correção Mundlak e a utilização da curva ROC para avaliação do desempenho dos modelos. Estima-se um modelo empírico de crises financeiras (Early Warning System - EWS) probit multinomial, testando a relação entre surtos dos fluxos de capitais e crises financeiras para uma amostra de 161 países de economias avançadas e mercados emergentes e economias em desenvolvimento para o período de 1970-2017. Os resultados indicam que foram encontradas relações estatisticamente significantes entre episódios atípicos nos fluxos de capitais e crises bancárias para todos sete métodos de identificação de episódios atípic os utilizados, para amostra total os resultados apontam um aumento na probabilidade de crises bancárias que variam de 6,7% (Surge 1) a 2,3% (Surge 7), o aumento da probabilidade em países avançados é maior do que a observada na amostra total (e em consequência nos países emergentes) variando de 8,5% (Surge 2) a 5,1% (Surge 4); no caso de crises cambiais, episódios atípicos (identificados pela Surge 4) aumentam a probabilidade de crises cambiais em 2,7% para amostra total, 3,4% para países de economias avançadas e em 2,5% para economias emergentes e em desenvolvimento; não foram identificadas relações estatisticamente significantes entre episódios atípicos nos fluxos de capitais e crises soberanas. A luz do que foi investigado na literatura preexistente e empiricamente testado, pode ser apontado que existem evidências de ligações entre surtos de capitais, crises bancárias e cambiais, onde surtos nos fluxos de capitais aumentam a probabilidade da ocorrência dessas crises, entretanto os patamares estimados são em um menor nível daquelas apresentadas em outros estudos. A ligação entre fluxos de capitais e crises soberanas não é tão clara quando as demais crises.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Economiapt_BR
dc.sizeorduration131pt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::ECONOMIA INTERNACIONALpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::METODOS QUANTITATIVOS EM ECONOMIApt_BR
dc.identifier.doihttp://doi.org/10.14393/ufu.di.2020.3916pt_BR
dc.orcid.putcode85345614-
dc.crossref.doibatchida2f35f52-b27b-44f8-9b2a-3e8becca9c8b-
dc.subject.autorizadoFluxo de capitaispt_BR
dc.subject.autorizadoCrises financeiraspt_BR
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EpisodiosAtipicosFluxos.pdfDissertação9.6 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons