Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/27737
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorBonilha, Luana Barbarelli-
dc.date.accessioned2019-12-16T23:15:29Z-
dc.date.available2019-12-16T23:15:29Z-
dc.date.issued2019-12-09-
dc.identifier.citationBONILHA, Luana Barbarelli. Gênero e Educação Infantil: uma pesquisa documental de políticas públicas federais. 2019. 48 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Psicologia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufu.br/handle/123456789/27737-
dc.description.abstractThe present work, in dialogue with Historical-Cultural Psychology, starts from the premise that gender identity will be built in a relational way, in a process that is historical, social, cultural and political, associated with biological factors and linked to the development of the subject. Recognizing the importance of Early Childhood Education for the integral development of children, which includes the construction of their gender identity, this work aimed to conduct a survey and analysis of federal public policies (legislation, publications and programs) in Brazil that address and/or regulate gender issues in Early Childhood Education, in order to understand how this discussion permeates the legal discourses. The data collection took place on the official website of the Ministry of Education, from January to August 2019, where 56 documents (10 legislation, 34 publications and 12 programs) related to Early Childhood Education were selected. The research was conducted in light of the methodological assumptions of documentary research, through which it was possible to see that only three documents (2 legislation and 1 publication) directly address the gender theme. The data referring to these documents were categorized in three thematic axes: 1) gender as central theme; 2) gender as transversal theme; 3) the non place of gender in federal public policies. It was concluded that the questions of gender are almost invisibilized by and in the public politics of Early Childhood Education and, in this sense, it is recognized the importance of fomenting the scientific productions in this area, aiming to extend the discussion of gender in school contexts and to encourage the inclusion of the subject in the Brazilian legal documents.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Uberlândiapt_BR
dc.rightsAcesso Embargadopt_BR
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/us/*
dc.subjectGêneropt_BR
dc.subjectGenderpt_BR
dc.subjectEducação Infantilpt_BR
dc.subjectEarly Childhood Educationpt_BR
dc.subjectPolíticas Públicaspt_BR
dc.subjectPublic Policypt_BR
dc.subjectPesquisa documentalpt_BR
dc.subjectDocumentary researchpt_BR
dc.titleGênero e Educação Infantil: uma pesquisa documental de políticas públicas federaispt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
dc.contributor.advisor1Lima, Luciana Pereira de-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0461476961455932pt_BR
dc.contributor.referee1Peretta, Anabela Almeida Costa e Santos-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5747815374339453pt_BR
dc.contributor.referee2Buiatti, Viviane Prado-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/1434975072387499pt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/2673280876225132pt_BR
dc.description.degreenameTrabalho de Conclusão de Curso (Graduação)pt_BR
dc.description.resumoO presente trabalho, em diálogo com a Psicologia Histórico-Cultural, parte da premissa de que a identidade de gênero será construída de forma relacional, em um processo que é histórico, social, cultural e político, associada a fatores biológicos e atrelada ao desenvolvimento do sujeito. Reconhecendo a importância da Educação Infantil para o desenvolvimento integral da criança, o que inclui a construção de sua identidade de gênero, este trabalho teve como objetivo realizar um levantamento e análise das políticas públicas federais (legislações, publicações e programas) do Brasil que abordam e/ou regulamentam as questões de gênero na Educação Infantil, a fim de compreender como essa discussão perpassa os discursos legais. O levantamento de dados ocorreu no site oficial do Ministério da Educação, no período de janeiro a agosto de 2019, onde foram selecionados 56 documentos (10 legislações, 34 publicações e 12 programas) referentes à Educação Infantil. A pesquisa foi realizada à luz dos pressupostos metodológicos da pesquisa documental, por meio da qual foi possível constatar que apenas três documentos (2 legislações e 1 publicação) abordam diretamente a temática gênero. Os dados referentes a estes documentos foram categorizados em três eixos temáticos: 1) gênero como tema central; 2) gênero como tema transversal; 3) o não lugar do gênero nas políticas públicas federais. Concluiu-se que as questões de gênero encontram-se quase invisibilizadas pelas e nas políticas públicas da Educação Infantil e, nesse sentido, reconhece-se a importância de fomentar as produções científicas nessa área, visando ampliar a discussão de gênero em contextos escolares e incentivar a inclusão do tema nos documentos legais brasileiros.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.coursePsicologiapt_BR
dc.sizeorduration48pt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIApt_BR
dc.orcid.putcode66156916-
Appears in Collections:TCC - Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GêneroEducaçãoInfantil.pdf
  Until 2021-12-09
TCC866.72 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons