Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/26398
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorFernandes, Hugo Freitas-
dc.date.accessioned2019-08-01T11:51:48Z-
dc.date.available2019-08-01T11:51:48Z-
dc.date.issued2018-05-28-
dc.identifier.citationFERNANDES, Hugo Freitas. Construção de um artefato para o museu: Brincando no Poço Infinito. 2018. 41 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Física) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufu.br/handle/123456789/26398-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Uberlândiapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/us/*
dc.subjectPoço infinitopt_BR
dc.subjectEnsino de Físicapt_BR
dc.subjectMuseus de ciênciaspt_BR
dc.titleConstrução de um artefato para o museu: Brincando no Poço Infinitopt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
dc.contributor.advisor1Santos, Silvia Martins dos-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5137518821794520pt_BR
dc.contributor.referee1Cavalheiro, Ademir-
dc.contributor.referee2Takahashi, Eduardo Kojy-
dc.description.degreenameTrabalho de Conclusão de Curso (Graduação)pt_BR
dc.description.resumoO estudo da óptica geométrica em sala de aula quase sempre se resume a esquemas matemáticos e eventualmente o uso de alguns objetos simples como espelhos para ilustrar as aulas sobre reflexão da luz. Assim, os alunos têm pouco contato com efeitos ópticos mais complexos, mas que fazem parte da vida em uma sociedade tecnológica. No mundo em que vivemos hoje necessitamos de maneiras para fazer com que as pessoas tenham interesse na busca de conhecimento. Os museus têm uma função importante no auxílio da divulgação, aquisição, exposição e conservação do saber, assumindo um importante papel. Pensando nisso, este trabalho teve o intuito de criar um artefato, o Poço Infinito, para traduzir a óptica geométrica para uma linguagem mais divertida e informal. A confecção do artefato teve como objetivo auxiliar a divulgação científica, mais especificamente a óptica geométrica de uma forma menos burocrática. Para isso, o brinquedo foi feito com o intuito de se tornar parte do acervo de experimentos de física do Museu DICA. A primeira oportunidade de exposição do “Poço Infinito” ocorreu no evento “5° Brincando Aprendendo”. Posteriormente, o objeto passou por uma reforma e foi novamente exposto, desta vez já encaminhado para seu proposito final, junto com equipamentos da Exposição itinerante do Museu DICA no evento “SBCP vai à Escola”, após o evento foi feita uma entrevista com os monitores do museu, sobre aspectos positivos e negativos do Poço Infinito. Pudemos identificar que o Poço Infinito se tornou um objeto que atrai a atenção e curiosidade do público, por realizar um efeito dado como usual, mas que provoca o interesse agregando positivamente os objetivos da Exposição itinerante do Museu DICA.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.courseFísicapt_BR
dc.sizeorduration41pt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::FISICApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::ENSINO-APRENDIZAGEMpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::MUSEOLOGIApt_BR
Appears in Collections:TCC - Física (Licenciatura)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ConstruçãoUmArtefato.pdf1.18 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons