Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/21469
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorBarbosa, Vinícius Pimenta-
dc.date.accessioned2018-06-04T19:28:31Z-
dc.date.available2018-06-04T19:28:31Z-
dc.date.issued2018-02-19-
dc.identifier.citationBARBOSA, Vinícius Pimenta. Avaliação de fatores operacionais em processo de peneiramento vibratório aplicado à separação sólido-líquido com o auxílio de técnicas de análise de imagem - Uberlândia. 2018. 98 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2018pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufu.br/handle/123456789/21469-
dc.description.abstractDuring the drilling of oil wells, the drilling fluid is injected into the drilling column, which has several functions such as: driving the solids from the rock cutting to the surface, lubricating the drilling column, cooling the drill bit, stabilizing the well, among others. To recondition this fluid, the solid control unit is used, which aims to remove the solids produced by the rock drilling and to recondition the fluid so that it returns to the drilling process. The first equipment of the solid control unit is the vibrating screen. The objective of this study was to evaluate the vibration screening operation applied to the solid-liquid separation against the effect of the independent variables: g-force, volumetric concentration of solids in the feed, feed rate and slope of the sieving screen. A central composite design for the experiments with a reply in the center point was made, totalizing of 26 experiments. The dependent variables were: residual moisture content of retained solids, pool area, transport velocity of solids retained in the beach region and percentage of screen area occupied by solids retained in the beach region. For the liquid part of the suspension, water with 0.1% by mass of xanthan gum was used, while for the solid part, standardized sand with a mean Sauter diameter of 373 μm. The screen used in the sieve was 175 mesh. By the analysis of the results, it was possible to verify that the lowest value of pool area was 906,695 cm², resulting from the combination of the highest levels of g-force (5), volumetric solids concentration in the feed (5%), and screen inclination (3.5º), with the lowest level of feed rate (19 kg / min). For the residual moisture content of the retained solids, a strong influence of the force-g variables and volumetric concentration of solids in the feed was observed, with the highest residual moisture value of 22.862%, for the combination of higher g-force level (5) and lower volumetric solids concentration in the feed (3%). The lowest residual moisture content of the retained solids was 19.211%, for the lowest level of g-force (2.5) combined with the highest solids concentration (5%). The highest transport velocity of the retained solids was 17.00 cm/s, for the combination of the highest levels of g-force (5), solids volume concentration (5%) and slope (2.5º) with the lowest level of feed rate (25 kg / min). It was also observed that higher transport velocities have a great influence on the decrease of the percentage of screen area occupied in the beach region by the retained wet solids. The conclusion was that the increase in g-force and inclination variables increase the operational capacity of the screen, because it reduces the pool area beyond the screen area occupied by the retained solids. Proper maintenance of these variables allows to correct deviations caused by fluctuations in the feed rate and volumetric solids concentration.pt_BR
dc.description.sponsorshipCAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superiorpt_BR
dc.description.sponsorshipFAPEMIG - Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Minas Geraispt_BR
dc.description.sponsorshipPetrobrás - Petróleo Brasileiro S.Apt_BR
dc.description.sponsorshipUFU - Universidade Federal de Uberlândiapt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Uberlândiapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectPeneiramento vibratóriopt_BR
dc.subjectSeparação sólido-líquidopt_BR
dc.subjectPerfuração de poços de petróleopt_BR
dc.subjectAnálise de imagempt_BR
dc.subjectVibrating screenpt_BR
dc.subjectSolid-liquid separationpt_BR
dc.subjectDrilling of oil wellspt_BR
dc.subjectImage analysispt_BR
dc.subjectEngenharia químicapt_BR
dc.subjectPoços de petróleo - Fluidos de perfuraçãopt_BR
dc.subjectPoços de petróleo - Perfuraçãopt_BR
dc.subjectAnálise de imagempt_BR
dc.titleAvaliação de fatores operacionais em processo de peneiramento vibratório aplicado à separação sólido-líquido com o auxílio de técnicas de análise de imagempt_BR
dc.title.alternativeEvaluation of operating factors in vibrating screening process applied to solid-liquid separation with assistance of image analysis techniquespt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.contributor.advisor1Ataíde, Carlos Henrique-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/1181660568548980pt_BR
dc.contributor.referee1Gedraite, Rubens-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9579409657715325pt_BR
dc.contributor.referee2Malagoni, Ricardo Amâncio-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/4827206212589655pt_BR
dc.contributor.referee3Assis, Wânderson de Oliveira-
dc.contributor.referee3Latteshttp://lattes.cnpq.br/2047036052231586pt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/3621153113234379pt_BR
dc.description.degreenameDissertação (Mestrado)pt_BR
dc.description.resumoDurante a perfuração de poços de petróleo, é injetado pelo interior da coluna de perfuração o fluido de perfuração, que tem diversas funções como: carrear os sólidos provenientes do corte das rochas para a superfície, lubrificar a coluna de perfuração, arrefecer a broca, estabilizar o poço, entre outras. Para recondicionar este fluido, é utilizada a unidade de controle de sólidos, que tem como objetivo retirar os sólidos produzidos pela perfuração da rocha e recondicionar o fluido para que este volte ao processo de perfuração. O primeiro equipamento da unidade de controle de sólidos é a peneira vibratória. O objetivo deste trabalho foi avaliar a operação de peneiramento vibratório aplicado à separação sólido-líquido frente ao efeito das variáveis independentes: força-g, concentração volumétrica de sólidos na alimentação, vazão de alimentação e inclinação da tela de peneiramento. Foi feito um planejamento composto central para os experimentos com uma réplica no ponto central, totalizando 26 experimentos. Foram avaliadas as variáveis dependentes: teor de umidade residual dos sólidos retidos, área de região de piscina, velocidade de transporte dos sólidos retidos na região de praia e porcentagem de área de tela ocupada pelos sólidos retidos na região de praia. Para a parte líquida da suspensão foi utilizado água com 0,1% em massa de goma xantana, já para a sólida foi utilizado areia padronizada com diâmetro médio de Sauter de 373 μm. A tela utilizada na peneira foi de 175 mesh. Pela análise dos resultados, foi possível verificar que o menor valor de área de piscina foi de 906,695 cm², resultante da combinação dos maiores níveis de força-g (5), concentração volumétrica de sólidos na alimentação (5%) e inclinação de tela (3,5º), com o menor nível de vazão de alimentação (19 kg/min). Para o teor de umidade residual dos sólidos retidos, foi observado uma forte influência das variáveis força-g e concentração volumétrica de sólidos na alimentação, sendo o maior valor de umidade residual de 22,862%, para a combinação de maior nível de força-g (5) e menor de concentração volumétrica de sólidos na alimentação (3%). Já o menor valor de umidade residual dos sólidos retidos foi de 19,211%, para o menor nível de força-g (2,5) combinado com o maior de concentração volumétrica de sólidos (5%). A maior velocidade de transporte dos sólidos retidos foi de 17,00cm/s, para a combinação dos maiores níveis de força-g (5), concentração volumétrica de sólidos (5%) e inclinação (2,5º) com o menor nível de vazão de alimentação (25 kg/min). Também foi constatado que maiores velocidade de transporte têm grande influência na diminuição da porcentagem de área de tela ocupada na região de praia pelos sólidos úmidos retidos. A conclusão foi que o aumento das variáveis força-g e inclinação aumentam a capacidade operacional da peneira, pois diminuem a área de piscina, além da região de tela ocupada pelos sólidos retidos. A manutenção adequada destas variáveis permite a correção de desvios causados por oscilações na vazão de alimentação e concentração volumétrica de sólidos.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Engenharia Químicapt_BR
dc.sizeorduration98pt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA QUIMICA::OPERACOES INDUSTRIAIS E EQUIPAMENTOS PARA ENGENHARIA QUIMICApt_BR
dc.identifier.doihttp://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2018.252pt_BR
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Engenharia Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AvaliaçaoFatoresOperacionais.pdf6.24 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.