Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/20893
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorRodrigues, Regiane da Silva-
dc.date.accessioned2018-03-14T15:40:27Z-
dc.date.available2018-03-14T15:40:27Z-
dc.date.issued2017-02-23-
dc.identifier.citationRODRIGUES, Regiane da Silva. Avaliação de parâmetros fisiológicos e hemoparasitólogicos de Columbina talpacoti (Aves: Columbiformes): Um estudo comparativo nos ambientes urbano e natural. 2017. 47 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais) – Instituto de Biologia, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufu.br/handle/123456789/20893-
dc.description.abstractUrbanization creates strong pressures on natural populations. Both richness and abundance of more susceptible species diminish due to urbanization, while generalized and / or opportunistic species tend to become more common, leading to a process known as biotic homogenization. Another important contribution of Urbanization is represented by the increasing rates in parasite transmission, mainly among birds. In this sense, the main purpose of this study was to evaluate how individuals of Columbina talpacoti respond in different special gradients: natural and urbanized environments. Three indices were analyzed: hematological, parasitological (avian malaria prevalence and parasitemia) and body condition. The study was carried out in the city of Uberlândia (MG). There were 4 collection points within the city and 7 collection points in the Clube de Caça e Pesca Itororó de Uberlândia. Captures were carried out from March 2016 to October 2016, by using mist nets, and collecting a blood sample and morphometric measurements from each individual. Blood collection was done through a venipuncture, getting a drop of non-heparinized blood to make three blood smears. Two blood drops were conditioned in absolute alcohol in microtubes for later DNA extraction and PCR procedures. Data analysis was performed using Mann-Whitney test to verify the existence of significant differences between the patterns analyzed between urban and natural areas. The data was submitted to both Pearson and Spearmann correlation test to check for possible correlation among the variables. Only one hematological index (heterophilic / lymphocyte ratio), which indicates stress, was higher for the urban than natural area (t = 3.673, p <0.05). The other indices were not statistically significant. There were also no significant differences between sex identities as well. Only the H/L index was positively related to the total leukocytes (rs = 0.394, p <0.05), shown by the correlation tests. These results indicate that animals are more stressed in the urban environment. Having high food availability coupled with a phenotypic plasticity of individuals, body condition did not change in any of the areas. In addition, since the infections evaluated are in the chronic stage, the symptoms of the disease are mild and almost non-existent.pt_BR
dc.description.sponsorshipCNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológicopt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Uberlândiapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectAvifaunapt_BR
dc.subjectAvifaunapt_BR
dc.subjectmalária aviáriapt_BR
dc.subjectavian malariapt_BR
dc.subjecthemoparasitospt_BR
dc.subjecthemoparasitespt_BR
dc.subjecthematologiapt_BR
dc.subjecthematologypt_BR
dc.subjecturbanizaçãopt_BR
dc.subjecturbanizationpt_BR
dc.titleAvaliação de parâmetros fisiológicos e hemoparasitólogicos de Columbina talpacoti (Aves: Columbiformes): um estudo comparativo nos ambientes urbano e naturalpt_BR
dc.title.alternativeEvaluation of physiological and hemoparasythological parameters of Columbina talpacoti (Aves: Columbiformes): a comparative study in urban and natural environments.pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.contributor.advisor1Marçal Jr, Oswaldo-
dc.contributor.referee1Custódio, Ana Elizabeth Iannini-
dc.contributor.referee2Pascoli, Graziela Virninia Tolesano-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/0469098538796549pt_BR
dc.description.degreenameDissertação (Mestrado)pt_BR
dc.description.resumoA urbanização determina fortes pressões sobre as populações naturais. A riqueza e a abundância de espécies mais sensíveis à urbanização diminuem, enquanto espécies generalistas e/ou oportunistas tendem a se tornar mais comuns, gerando um processo de homogeneização biótica. Outra mudança importante é representada pelo aumento de níveis de transmissão de parasitos, aspecto que vem sendo investigado, principalmente entre aves. Nesse sentido, o objetivo deste estudo foi avaliar se os indivíduos de Columbina talpacoti respondem de formas diferentes em relação aos ambientes naturais e ambientes urbanizados através da análise de índices hematológicos (razão heterófilos/linfócitos e leucócitos globais), parasitológicos (prevalência e parasitemia de hemoparasitos causadores da malária aviária) e índice de condição corporal. O estudo foi realizado no município de Uberlândia (MG). Foram estabelecidos 4 pontos de coleta dentro da cidade e 7 pontos de coleta na Reserva particular do Clube Caça e Pesca Itororó de Uberlândia. As capturas foram realizadas de março/2016 à outubro/2016, com redes de neblina. As aves foram capturadas e submetidas a procedimentos de coleta de sangue e medições biológicas. A coleta do sangue foi realizada através de venopunção braquial, com uma gota de sangue não heparinizado foi confeccionado o esfregaço sanguíneo, duas gotas de sangue foram acondicionadas em álcool absoluto em microtubos para posterior extração do DNA e investigação de haemosporídeos por PCR. A análise dos dados foi realizada através do teste-t e U-Mann-Whitney para verificar a existência de diferenças significativas entre os parâmetros analisados entre áreas urbanas e naturais. Para avaliar se há correlação nos parâmetros avaliados, os dados foram submetidos a correlação de Pearson e de Spearmann. Apenas a razão de heterófilos/linfócitos, que indica estresse, foi maior para área urbana do que na natural (t=3,673; p<0,05), os demais índices avaliados não apresentaram diferenças significativas. Também não foram observadas diferenças significativas entre os parâmetros avaliados com o sexo. O teste de correlação mostrou que apenas o índice de H/L relacionou-se positivamente com os leucócitos totais (rs=0.394; p<0,05), os demais itens não apresentaram correlação entre si. Estes resultados indicam que os animais estão mais estressados no ambiente urbano, mas que com a disponibilidade alta de recursos alimentares em conjunto com a plasticidade fenotípica dos indivíduos, a condição corporal não se altera em nenhuma das áreas. Além disso, como as infecções avaliadas estão em estágio crônico, os sintomas da doença são brandos e quase inexistentes.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturaispt_BR
dc.sizeorduration48pt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA::ECOLOGIA APLICADApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::PARASITOLOGIA::PROTOZOOLOGIA DE PARASITOS::PROTOZOOLOGIA PARASITARIA ANIMALpt_BR
dc.identifier.doihttp://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2018.80pt_BR
dc.crossref.doibatchidcfc6af78-95df-434f-8cba-ff3aa9588d23-
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ecologia e Conservação de Recursos Naturais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AvaliacaoParametrosFisiologicos.pdf1.4 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.