Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19304
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorTeixeira, Camila de Paula-
dc.date.accessioned2017-08-04T12:32:54Z-
dc.date.available2017-08-04T12:32:54Z-
dc.date.issued2017-07-24-
dc.identifier.citationTEIXEIRA, Camila de Paula. Ecologia de raptores diurnos em zona peri-urbana de Uberlândia-MG. 2017. 41 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19304-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Uberlândiapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.rights.uriAn error occurred getting the license - uri.*
dc.subjectCerradopt_BR
dc.subjectEstratégias de caçapt_BR
dc.subjectRapinantespt_BR
dc.titleEcologia de raptores diurnos em zona peri-urbana de Uberlândia-MGpt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
dc.contributor.advisor1Gondim, Maria José da Costa-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/2443054331535699pt_BR
dc.contributor.referee1Melo, Celine-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8911760160895924pt_BR
dc.contributor.referee2Marçal-Junior, Oswaldo-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/1411446715974110pt_BR
dc.contributor.referee3Oliveira, Liliane Martins de-
dc.contributor.referee3Latteshttp://lattes.cnpq.br/1894131619185838pt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/6342157589624006pt_BR
dc.description.degreenameTrabalho de Conclusão de Curso (Graduação)pt_BR
dc.description.resumoA expansão urbana constitui fator determinante na fragmentação de habitat, ocasionando redução das espécies e o declínio das populações. As aves raptoras são predadoras de topo de cadeia, sensíveis às perturbações antrópicas, porém os resultados da degradação ambiental podem divergir conforme o habitat e espécies selecionadas. O objetivo desse trabalho foi estudar a comunidade de aves raptoras diurnas em uma área peri-urbana, englobando aspectos ecológicos como riqueza, abundância relativa, frequência de ocorrência e estratégias de forrageio. O estudo foi desenvolvido no período de abril/2015 a dezembro/2016, com esforço amostral de 165 h. As observações diretas, com uso de binóculos 8x40, foram realizadas em sete pontos fixos distribuídos entre os diferentes mosaicos vegetacionais (cerradão, mata de galeria, veredas e áreas de pastagem), com sessões de observação de 60 minutos em cada ponto. Foram identificadas dez espécies, a maioria típica de áreas abertas. Com relação à abundância, Coragyps atratus, Caracara plancus e Rupornis magnirostris foram responsáveis por 81,8% dos registros, assim como apresentaram as maiores frequências de ocorrência, sendo registradas durante todo o período do estudo. A estratégia de forrageio mais utilizada foi caça a partir de um poleiro (85,7%). Os insetos constituíram as presas mais consumidas. A maioria das espécies são generalistas, indicando o grau de perturbação e fragmentação da área. No entanto, tais áreas peri-urbanas revelam-se importantes para muitas espécies de raptores que as exploram para refúgio, alimentação, repouso e reprodução.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.courseCiências Biológicaspt_BR
dc.sizeorduration41pt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIApt_BR
Appears in Collections:TCC - Ciências Biológicas (Uberlândia)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EcologiaRaptoresDiurnos.pdfTCC1.06 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.