Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19203
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorGuimarães, Denise de Oliveira-
dc.date.accessioned2017-07-19T17:05:12Z-
dc.date.available2017-07-19T17:05:12Z-
dc.date.issued2016-09-16-
dc.identifier.citationGUIMARÃES, Denise de Oliveira. Avaliação “in vitro” do efeito antitumoral e antiangiogênico de uma metaloprotease isolada da peçonha de Bothrops pauloensis. 2016. 105 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016. Disponível em: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2016.521pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19203-
dc.description.abstractBreast cancer is a highly malignant carcinoma and remains the second leading cause of mortality among women. The antitumor effects of metalloproteinases and disintegrins from snake venom on various types of cancer cells have been investigated. In this study, we evaluated the antitumor and antiangiogenic effects on MDA-MB-231 human breast cancer cells and endothelial cells induced by Bothropoidin, a disintegrin-like metalloproteinase isolated from Bothrops pauloensis snake venom. At 24h after treatment at 100pg/mL, Bothropoidin exerted a moderate cytotoxic effect of 30% on MDA-MB-231 versus 10% cytotoxicity against MCF10A (a non-tumorigenic breast cell line), a significant difference that suggests a possible preference by this protein for targets in cancer cells. Early and late apoptosis of MDA-MB-231 was observed after Bothropoidin treatment (10gg/mL and 40gg/mL). Furthermore, this toxin inhibited not only the adhesion of MDA-MB-231 cells in a dose-dependent manner but also cell migration by approximately 45%. In addition, Bothropoidin decreased endothelial cells viability and adhesion in Matrigel and inhibited in vitro angiogenesis in Matrigel stimulated by bFGF, showing significantly fewer formed vessels. The results demonstrated that Bothropoidin has potent in vitro antitumor and antiangiogenic effect and represents a biotechnological tool for elucidating the antitumor effect of disintegrins-like metalloproteinases in cancer cells.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Uberlândiapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectCiências médicaspt_BR
dc.subjectMamas - Câncerpt_BR
dc.subjectMetaloproteínaspt_BR
dc.subjectAgentes antineoplásicospt_BR
dc.subjectMetaloproteinase de peçonha de serpentept_BR
dc.subjectCélulas MDA-MB-231pt_BR
dc.subjectAntitumoraispt_BR
dc.subjectAnti-angiogênicospt_BR
dc.subjectSnake venom metalloproteinasept_BR
dc.subjectMDA-MB-231 cellspt_BR
dc.subjectAntitumorpt_BR
dc.subjectAntiangiogenicpt_BR
dc.titleAvaliação “in vitro” do efeito antitumoral e antiangiogênico de uma metaloprotease isolada da peçonha de Bothrops pauloensispt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.contributor.advisor-co1Lopes, Daiana Silva-
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4759275U6pt_BR
dc.contributor.advisor1Ávila, Veridiana de Melo Rodrigues-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4720590E9pt_BR
dc.contributor.referee1Bastos, Luciana Machado-
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4558447T6pt_BR
dc.contributor.referee2Alves, Cássia Regina-
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4358494H3pt_BR
dc.description.degreenameDissertação (Mestrado)pt_BR
dc.description.resumoO câncer de mama é uma neoplasia altamente maligna e continua a ser a segunda principal causa de mortalidade entre as mulheres. Os efeitos antitumorais de metaloproteinases e desintegrinas de veneno de serpentes têm sido investigados em vários tipos de células tumorais. Neste estudo, foram avaliados os efeitos antitumorais e anti-angiogênicos induzidos pela Bothropoidina, uma metaloproteinase desintegrina-like isolada da peçonha de Bothrops pauloensis em células de câncer de mama humano MDA-MB-231 e células endoteliais. Após 24 horas de tratamento com 100pg/mL de Bothropoidina foi constatado um efeito citotóxico moderado de 30% em MDA-MB-231 contra 10% de citotoxicidade em MCF10A (uma linha de células da mama não tumorigênica), uma diferença significativa que sugere uma possível preferência desta proteína por alvos em células tumorais. Observou-se apoptose e apoptose tardia após tratamento com Bothropoidina (10pg/mL e 40pg/mL) em células MDA-MB-231. Além disso, esta toxina não só inibiu a adesão de células MDA-MB-231 de uma forma dose dependente, como a migração celular em aproximadamente 45%. Bothropoidina reduziu a viabilidade e adesão de células endoteliais em Matrigel e inibiu a angiogênese in vitro estimulada por bFGF em Matrigel, mostrando um número de vasos formados significativamente menor em relação ao controle. Os resultados demonstraram que Bothropoidina tem um potente efeito antitumoral e antiangiogênico in vitro, representando uma ferramenta biotecnológica para elucidar o efeito antitumoral de metaloproteinases desintegrinas-like em células cancerígenas.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Ciências da Saúdept_BR
dc.sizeorduration105pt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINApt_BR
dc.identifier.doihttp://doi.org/10.14393/ufu.di.2016.521pt_BR
dc.orcid.putcode81757832-
dc.crossref.doibatchid79f46ae9-6e10-4e9f-9e6d-1ef88d1c7136-
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AvaliacaoInvitroEfeito.pdfDissertação7.84 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.