Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18647
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorBernardo, Rosangela Ferreira-
dc.date.accessioned2017-05-16T12:29:07Z-
dc.date.available2017-05-16T12:29:07Z-
dc.date.issued2017-02-24-
dc.identifier.citationBERNARDO, Rosangela Ferreira. O FUNDEB como política pública de financiamento da educação básica e seu desempenho ao longo dos anos nos municípios mineiros. 2017. 71 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18647-
dc.description.abstractThis study analyzes the FUNDEB in the State of Minas Gerais, seeking to understand what factors lead a given municipality to gain or lose resources with FUNDEB and, from this observation, to verify the consequences in terms of allocation of resources destined to early childhood education and elementary education. The data show that the amount sent by the municipalities for FUNDEB formation is influenced by economic and financial factors. On the other hand, the values received from FUNDEB are influenced by population factors such as enrollment in elementary education and the resident population. The data also reveal that in the State of Minas Gerais in the analyzed period 52.87% of the municipalities lose resources with FUNDEB. Regarding the allocation of resources, it was found that in municipalities that lose resources, investments in early childhood education are lower, with primary education being given priority, these municipalities also invest more than 93% of the resources received in the valuation of teaching professionals and 30.4 % Of its revenues in the maintenance and development of education. In municipalities earning funds from FUNDEB, investments are uniform in both types of education; Apply about 81.24% of the resources received from FUNDEB and about 30% of their revenues from taxes and transfers in the maintenance and development of education.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Uberlândiapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectContabilidadept_BR
dc.subjectEducação e Estadopt_BR
dc.subjectEducação - Financiamentopt_BR
dc.subjectFundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Brasil)pt_BR
dc.subjectEducação públicapt_BR
dc.subjectGestão públicapt_BR
dc.subjectFinanciamentopt_BR
dc.subjectFUNDEB e equidadept_BR
dc.subjectPublic educationpt_BR
dc.subjectFinancingpt_BR
dc.subjectPublic managementpt_BR
dc.subjectFUNDEB and equitypt_BR
dc.titleO FUNDEB como política pública de financiamento da educação básica e seu desempenho ao longo dos anos nos municípios mineirospt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.contributor.advisor1Reis, Ernando Antônio dos-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4756400A5pt_BR
dc.contributor.referee1Andrade, Maria Elisabeth Moreira Carvalho-
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4236101P9pt_BR
dc.contributor.referee2Bonacim, Carlos Alberto Grespan-
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4745154T0pt_BR
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K8755134E4pt_BR
dc.description.degreenameDissertação (Mestrado)pt_BR
dc.description.resumoEste estudo analisa o FUNDEB no Estado de Minas Gerais buscando compreender quais fatores levam um determinado município a ganhar ou perder recursos com o FUNDEB e, a partir dessa constatação, verificar as consequências em termos de alocação de recursos destinados à educação infantil e ao ensino fundamental. Os dados evidenciam que a quantia enviada pelos municípios para formação do FUNDEB é influenciada por fatores econômicos e financeiros. Já os valores recebidos do FUNDEB são influenciados pelos fatores populacionais como matriculas na educação infantil e ensino fundamental e população residente. Os dados também revelam que no Estado de Minas Gerais no período analisado 52.87% dos municípios perdem recursos com o FUNDEB. Quanto à alocação de recursos verificou-se que nos municípios que perdem recursos, os investimentos em educação infantil são menores, sendo priorizado o ensino fundamental, estes municípios também investem mais de 93% dos recursos recebidos na valorização dos profissionais do magistério e 30,4% de suas receitas na manutenção e desenvolvimento do ensino. Nos municípios que ganham recursos com o FUNDEB os investimentos são uniformes nas duas modalidades de ensino; aplicam na valorização dos profissionais do magistério em torno de 81,24% dos recursos recebidos do FUNDEB e aproximadamente 30% de suas receitas de impostos e transferências na manutenção e desenvolvimento do ensino.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Ciências Contábeispt_BR
dc.sizeorduration71pt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::CIENCIAS CONTABEISpt_BR
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ciências Contábeis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FUNDEBPoliticaPublica.pdfDissertação463.29 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.