Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18535
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorOliveira, Alessandro Teixeira de-
dc.date.accessioned2017-05-10T13:10:33Z-
dc.date.available2017-05-10T13:10:33Z-
dc.date.issued2016-
dc.identifier.citationOLIVEIRA, Alessandro Teixeira de. O suicídio como resposta a uma imposição de desigualdade. 2016. 61 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18535-
dc.descriptionPalavras-chave criadas pelo discente colaborador do Projeto PROGRAD/DIREN/UFU 2016-2017 Historiografia e pesquisa discente: as monografias dos graduandos em História da UFU.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Uberlândiapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectSuicídiopt_BR
dc.subjectImposição de desigualdadept_BR
dc.subjectHistóriapt_BR
dc.titleO suicídio como resposta a uma imposição de desigualdadept_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
dc.contributor.advisor1Voigt, André Fabiano-
dc.contributor.referee1Passold, Gabriel-
dc.contributor.referee2Girardi, Javan-
dc.description.degreenameTrabalho de Conclusão de Curso (Graduação)pt_BR
dc.description.resumoEsta pesquisa buscou analisar as representações construídas sobre a morte voluntária, a fim de compreender os significados, sentidos e relações que evidenciem um lugar político, social e cultural no âmbito da vida e da sociedade brasileira. Buscou ainda discutir a passividade social diante da frequência com que a humanidade vivenciou e vivencia o ato suicida. E, ainda, apontar a falta de iniciativas coletivas e governamentais que visem sanar ou reduzir os casos tentados ou consumados pelos indivíduos. Para alcançar este objetivo, foram reunidas e analisadas as representações nos discursos presentes em textos que tratam da valorização e desvalorização dos sujeitos por parte da sociedade e das instituições entre a Idade Média e a Contemporaneidade, de modo a confrontar dados e elementos presentes no medievo europeu com reflexões referentes ao mundo contemporâneo e ao Brasil atual. Buscamos ainda levantar a possibilidade de que, na atualidade, nada justifica a continuidade dos casos de suicídio e, se isso continua ocorrendo, é porque reproduzimos modelos que atendem a interesses que há muito acompanham a humanidade. Compreendemos que pensar as experiências dos suicídios ocorridos, tentados e os seus diferentes motivos, nos permitiria desvendar as práticas e lutas desses homens no que se refere a uma busca incessante de mostrar que algo não está certo na ideologia social.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.courseHistóriapt_BR
dc.sizeorduration61pt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIApt_BR
Appears in Collections:TCC - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SuicidioRespostaImposiçao.pdfTCC679.44 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.