Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17762
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorSantos, João Paulo Victorino-
dc.date.accessioned2016-09-26T12:14:55Z-
dc.date.available2016-09-26T12:14:55Z-
dc.date.issued2016-07-06-
dc.identifier.citationSANTOS, João Paulo Victorino. O ensino de química na educação de jovens e adultos do ensino médio no município de Itumbiara-GO. 2016. 299 f. Tese (Doutorado em Química) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17762-
dc.description.abstractFor this study, a research was conducted in order to answer the question "What chemistry teaching has been developed in the Youth and Adult Education (EJA) ?". The research provides an overview of the object to the proposed changes, leading students to live with different realities and investigating the issue of contextualization based on the daily lives of these students related to the subject of chemistry. The methodology focuses ethnographic research of the case study, in which a case is studied in depth using the participant observation. In the survey data a mixed qualitative and quantitative approach was used. The work involved 6 schools that offer adult education high school; 6 directors of these schools; 6 coordinators who work in adult education; 6 Chemistry teachers and 123 students of the EJA, level high school, enrolled in the 1st, 2nd, 3rd and 4th periods. The first stage of the research consisted of questionnaires in schools where everyone involved responded closed and open questions applied to each specific group. In the second stage two schools were selected in order to conduct a deeper knowledge of adult education through practical activities of Chemistry and subsequent interview conducted in groups with students. Three teachers were also interviewed to enable a deepening of issues relating to EJA and Chemistry Teaching. The interviews were analyzed by the technique of Discursive Textual Analysis (ATD). The main issues addressed in the questionnaires and interviews were on the school structure, reasons that lead students to drop out or remained in adult education and those who make the stay, the view of those involved of the importance of chemistry discipline for students of EJA and how this should be offered. It is necessary that we need to promote changes in the chemistry class and its activities, respecting the experiences and experience already gained by the student during his life story. Another factor to be highlighted is the need for ongoing training of teachers working in adult education. Note that your continued education is given more by the experience and the ways in which they try to overcome adverse situations. The Chemistry subject taught is not agree with the principles of EJA and practiced curriculum is just an adaptation or content reduction from the regular curriculum. The improvement in chemistry teaching of EJA will take place through a dialogue between those involved in the process, clearer educational policies and willingness to implement change. Thus the teaching of chemistry contribute to the students of the EJA are actually scientifically literate and integrated into society.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Uberlândiapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectQuímicapt_BR
dc.subjectEducação de adultospt_BR
dc.subjectQuímica (Ensino médio) - Estudo e ensinopt_BR
dc.subjectEnsino de Químicapt_BR
dc.subjectEJApt_BR
dc.subjectContextualizaçãopt_BR
dc.subjectChemistry teachingpt_BR
dc.subjectContextualizationpt_BR
dc.titleO ensino de química na educação de jovens e adultos do ensino médio no município de Itumbiara-GOpt_BR
dc.typeTesept_BR
dc.contributor.advisor1Rodrigues Filho, Guimes-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4786434E5pt_BR
dc.contributor.referee1Fields, Karla Amancio Pinto-
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4794702P9pt_BR
dc.contributor.referee2Silveira, Helden Eterno da-
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4761611H9pt_BR
dc.contributor.referee3Guimarães, Orliney Maciel-
dc.contributor.referee3Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4721880H7pt_BR
dc.contributor.referee4Santos, Sônia Maria dos-
dc.contributor.referee4Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4767934E3pt_BR
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4764364D0pt_BR
dc.description.degreenameTese (Doutorado)pt_BR
dc.description.resumoPara este trabalho, foi realizada uma pesquisa com o objetivo de responder à questão “Que ensino de Química tem sido desenvolvido na Educação de Jovens e Adultos (EJA)?”. A pesquisa apresenta um panorama do objeto levando os alunos a conviverem com realidades diferentes e investigando a questão da contextualização com base no cotidiano desses alunos relacionada à disciplina de Química. A metodologia utilizada tem como foco a pesquisa etnográfica do Estudo de Caso, em que um caso é estudado em profundidade utilizando a observação participante. No levantamento dos dados foi utilizada uma abordagem mista, qualitativa e quantitativa. O trabalho envolveu 6 escolas que oferecem a EJA Ensino Médio; 6 diretores destas escolas; 6 coordenadores pedagógicos que atuam na EJA; 6 professores de Química e 123 estudantes da EJA, nível Ensino Médio, matriculados no 1°, 2°, 3° e 4° períodos. A primeira etapa da pesquisa consistiu na aplicação de questionários nas escolas em que todos os envolvidos responderam questões fechadas e abertas aplicadas a cada grupo específico. Na segunda etapa duas escolas foram selecionadas com o propósito de realizar um aprofundamento do conhecimento da EJA através de atividades práticas de Química e posterior entrevista realizada em grupos com os alunos. Três professores também foram entrevistados para possibilitar um aprofundamento das questões relativas à EJA e o Ensino de Química. As entrevistas foram analisadas pela técnica da Análise Textual Discursiva (ATD). Os principais temas abordados nos questionários e entrevistas foram relativos à estrutura da escola, motivos que levam os alunos a desistirem ou permaneceram na EJA, a visão dos envolvidos em relação à importância da disciplina de Química para o aluno da EJA e como deveria ser ofertada. Verificou-se que é preciso promover mudanças nas aulas de Química e suas atividades, respeitando as vivências e experiências já adquiridas pelo aluno durante sua trajetória de vida. Outro fator a ser destacado é a necessidade de formação continuada dos professores que trabalham na EJA. Nota-se que a sua formação continuada se dá mediante a experiência e as maneiras pelas quais tentam contornar as situações adversas. A disciplina de Química ministrada não atende aos preceitos da EJA e o currículo praticado é apenas uma adaptação ou redução de conteúdos em relação ao currículo regular. A melhoria no ensino de Química da EJA se dará mediante um amplo diálogo entre os envolvidos no processo, políticas educacionais mais claras e vontade de implementar mudanças. Com isso o ensino de Química contribuirá para que os alunos da EJA sejam de fato alfabetizados cientificamente e inseridos na sociedade.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Químicapt_BR
dc.sizeorduration299pt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICApt_BR
Appears in Collections:TESE - Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EnsinoQuimicaEducacao.pdfTese6.41 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.