Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17449
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorStefano, Jéssica Santos-
dc.date.accessioned2016-06-22T18:48:41Z-
dc.date.available2016-03-01-
dc.date.available2016-06-22T18:48:41Z-
dc.date.issued2016-02-17-
dc.identifier.citationSTEFANO, Jéssica Santos. Utilização de análise por injeção em fluxo e em batelada com detecção amperométrica e eletrodos impressos para a determinação de ciprofloxacina. 2016. 75 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Exatas e da Terra) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016. Disponível em: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2016.65por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17449-
dc.description.abstractThe present work presents the use of multi-walled carbon-nanotube modified screenprinted electrodes (MWCNT-SPEs) adapted for two different analytical systems (flow injection analysis - FIA and batch injection analysis - BIA) employing conventional amperometry for ciprofloxacin determination. Initially, cyclic voltammograms of the analyte were performed to define the best electrode and working pH. It was noted that screen-printed electrodes (SPEs) supplied current responses superior to those obtained by glassy-carbon electrode without modification. The SPE modified with multi-walled carbon nanotubes provided a slight increase in peak current when compared to unmodified carbon SPE. The electrolyte used in this study was 0.1 mol L-1 Britton-Robinson buffer in optimum pH of 4.0. Hydrodynamic voltammograms were obtained to select the working potential for amperometric studies. It was noted that ciprofloxacin has oxidation peak starting at +0.8 V, and with the rising of the potential, the current signal also increases, and the potential of +1.0 V was chosen to work in both systems BIA and FIA. For each one of the analytical methods, it was obtained optimal values of flow rate and injected volume, 42 and 153 μL s-1, and injected volume, 250 and 50 μL s-1, respectively for FIA and BIA. Under these conditions, repeatability study was performed and RSD values of 1.7 and 4.9 % for FIA and BIA, respectively. The methods presented linear range of 5 - 200 μmol L-1 for FIA (r = 0.998 and sensitivity of 0.0768 μA L μmol -1) and 5 - 150 μmol L-1 for BIA with stirring (r = 0.999 and sensitivity of 0.1115 μA L μmol -1). Therefore, it was possible to determine ciprofloxacin in two different pharmaceutical samples and the results obtained with the proposed methods were statistically similar to those obtained by capillary electrophoresis with 95 % confidence. The analytical frequency values were 99 and 130 injections per hour and detection limits were 0.06 and 0.07 μmol L-1 for FIA and BIA with stirring, respectively. Despite the higher sensitivity provided by higher flow rates of the BIA system, the detection limits using FIA and BIA were similar. However, the analytical frequency and precision of the BIA method was superior to the determination of ciprofloxacin, beyond the portable characteristics of this system.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior-
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Uberlândiapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectEletrodos impressospor
dc.subjectNanotubos de carbonopor
dc.subjectAnálise por injeção em fluxo(FIA)por
dc.subjectAnálise por injeção em batelada (BIA)por
dc.subjectantibióticopor
dc.subjectScreen-printed electrodeseng
dc.subjectCarbon nanotubeseng
dc.subjectFlow-injection analysis (FIA)eng
dc.subjectBatch-injection analysis (BIA)eng
dc.subjectAntibioticeng
dc.subjectEletrodospor
dc.titleUtilização de análise por injeção em fluxo e em batelada com detecção amperométrica e eletrodos impressos para a determinação de ciprofloxacinapor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Muñoz, Rodrigo Alejandro Abarza-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4702072Z6por
dc.contributor.referee1Ferreira, Lucas Franco-
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4736155D8por
dc.contributor.referee2Silva, Rodrigo Amorim Bezerra da-
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4711461P2por
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4405267U4por
dc.description.degreenameMestre em Químicapor
dc.description.resumoO presente trabalho apresenta o uso de eletrodos impressos de carbono modificados com nanotubos de carbono de paredes múltiplas (MWCNT-SPEs) adaptados para dois diferentes sistemas de análise (análise por injeção em fluxo - FIA e análise por injeção em batelada - BIA) empregando-se amperometria convencional na determinação de ciprofloxacina. Inicialmente, voltamogramas cíclicos do analito foram realizados para definir o melhor eletrodo e pH para trabalho. Observou-se que os eletrodos impressos (SPEs) forneceram respostas de corrente muito superiores àquelas obtidas por eletrodo de carbono vítreo sem modificação. O SPE modificado com nanotubos de carbono de paredes múltiplas forneceu ainda um ligeiro aumento na corrente de pico quando comparado ao SPE de carbono sem modificações. O eletrólito empregado neste trabalho foi o tampão Britton-Robinson 0,1 mol L-1 em pH otimizado de 4,0. Voltamogramas hidrodinâmicos foram construídos para a escolha do potencial de trabalho para os estudos amperométricos. Foi observado que a ciprofloxacina possui pico de oxidação que se inicia em +0,8 V, e com o aumento do potencial, o sinal de corrente também aumenta, sendo o potencial de +1,0 V escolhido para trabalhar tanto no sistema BIA quanto no sistema FIA. Para cada um dos métodos de análise foram obtidos os valores ótimos de vazão, 42 e 153 μL s-1, e volume injetado, 250 e 50 μL s-1, respectivamente para FIA e BIA. Nestas condições, fez-se o estudo de repetibilidade e obteve-se valores de DPR de 1,7 e 4,9 % para FIA e BIA, respectivamente. Os métodos apresentaram faixa linear de resposta de 5 200 μmol L-1 para FIA (r = 0,998 e sensibilidade de 0,0768 μA L μmol -1) e 5 150 μmol L-1 para BIA utilizandose agitação na célula (r = 0,999 e sensibilidade de 0,1115 μA L μmol -1). Dessa forma, foi possível determinar ciprofloxacina em duas amostras farmacêuticas diferentes e os resultados obtidos com os métodos propostos foram estatisticamente similares aos obtidos por eletroforese capilar com 95% de confiança. A frequência analítica foi de 99 e 130 injeções por hora e os limites de detecção foram de 0,06 e 0,07 μmol L-1 para FIA e BIA com agitação, respectivamente. Apesar da maior sensibilidade oferecida pelas altas vazões do sistema BIA, os limites de detecção usando FIA e BIA foram próximos. No entanto, a frequência analítica e precisão do método BIA foram superiores para a determinação de ciprofloxacina, além das caraterísticas portáteis deste sistema.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Químicapor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICApor
dc.publisher.departmentCiências Exatas e da Terrapor
dc.publisher.initialsUFUpor
dc.identifier.doihttp://doi.org/10.14393/ufu.di.2016.65pt_BR
dc.orcid.putcode81767340-
dc.crossref.doibatchida330bce0-907a-448e-a12f-ff38922d87e3-
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
UtilizacaoAnaliseInjecao.pdf3.08 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.