Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16518
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorMoraes, Mário-
dc.date.accessioned2016-06-22T18:46:07Z-
dc.date.available2016-04-26-
dc.date.available2016-06-22T18:46:07Z-
dc.date.issued2015-11-30-
dc.identifier.citationMORAES, Mário. CEASA : a organização do abastecimento de alimentos e a desigualdade em Uberlândia - MG (1978-2009). 2015. 204 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2015.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16518-
dc.description.abstractThis study approaches the experiences of the Distribution Centre workers atUberlândia city, taking their memories to form a conducting wire in the direction of dialectical process that enabled the construction of Uberlandia s CEASA, in 1978. Oral sources led us to think the conditions experienced by childrenlooking forfood in the 70 s at public spaces of the city. The press was a field where conflicts engendered stereotypes about the poor, based on hegemonic groupsvalues, in order to set limits for workers.The creation of Uberlandia sDistribution Centre in conjunction with the creation of other institutions aimed to discipline the poor spresence in the most noble and visible places ofthe town. The main objective presented to justify the CEASA screation was to move the transit of food transport vehicles to the margins of the city. During the research, we found another objective of equal importance in displacement of own social struggle, with the removal of poor children and beggars who bothered in the people at the markets and the Municipal Market. In the CEASAwe can understand the experiences of the workers seeking to improve the material living conditions facing many dangers of occupational accidents, in the midst of a struggle for rightsprocess. Furthermore, we still can see that, three decades after the Distribution Centre creation, the presence of poor children looking forfood wastage will continue strong and it will motivate new official containment measures such as the creation of the Food Bank Program, with proposes food s donationfor poor families directly in their own neighborhoods.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Uberlândiapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectCEASApor
dc.subjectCidade e abastecimentopor
dc.subjectCultura, cidade e trabalhopor
dc.subjectCity and distributioneng
dc.subjectCulture, city and workeng
dc.subjectHistória social - Uberlândia (MG)por
dc.subjectAbastecimento de alimentos - Uberlândia (MG) - Históriapor
dc.subjectUberlândia (MG) - História - 1978-2009por
dc.titleCEASA : a organização do abastecimento de alimentos e a desigualdade em Uberlândia - MG (1978-2009)por
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Vasconcelos, Regina Ilka Vieira-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4790921U5por
dc.contributor.referee1Barbosa, Marta Emísia Jacinto-
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4700613U5por
dc.contributor.referee2Silvério, Leandra Domingues-
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4777713P7por
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4412215Y4por
dc.description.degreenameMestre em Históriapor
dc.description.resumoEste estudo aborda as experiências e as vivências dos trabalhadores da Central de Abastecimento de Uberlândia, partindo de suas memórias para formar um fio condutor na direção do processo dialético que possibilitou a construção da CEASA de Uberlândia, em 1978. As fontes orais conduziram a pensar as condições vivenciadas pelas crianças nos espaços públicos da cidade em busca de alimentos no final da década de 1970. A imprensa constituiu um campo de embates onde se engendraram estereótipos sobre a população pobre, com base em valores dos grupos hegemônicos e com o intuito de estabelecer limites para os trabalhadores. A criação da Central de Abastecimento de Uberlândia em articulação com a criação de outras instituições voltadas para o disciplinamento da presença da população pobre nos lugares mais nobres e visíveis da cidade. O principal objetivo apresentado para justificar a criação da CEASA foi o de deslocar o trânsito dos veículos de transporte de alimentos para as margens da cidade. Durante essa pesquisa, verificamos que outro objetivo de igual importância do deslocamento do próprio o embate social, com o afastamento de crianças pobres e de mendigos que passavam a incomodar os transeuntes nas feiras e no Mercado Municipal. Na CEASA podemos entender as experiências dos trabalhadores em busca melhorar as condições materiais de vida, enfrentando diversos perigos de acidentes de trabalho, em meio a um processo de luta por direitos. E, além disso, podemos também verificar que, três décadas depois da criação da central de abastecimento, a presença de crianças pobres em busca de restos de alimentos continuará marcante e motivará novas medidas oficias de contenção, como a criação do programa Banco de Alimentos, com a proposta de doação de alimentos a famílias pobres diretamente em seus próprios bairros.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Históriapor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIApor
dc.publisher.departmentCiências Humanaspor
dc.publisher.initialsUFUpor
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CeasaOrganizacaoAbastecimento.pdf3.87 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.