Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/34568
ORCID:  http://orcid.org/0000-0001-8817-9962
Document type: Trabalho de Conclusão de Curso
Access type: Acesso Aberto
Title: Métodos de desinfecção "no-touch": Revisão sobre o uso de dispositivos baseados na emissão de luz UV-C e vapor de peróxido de hidrogênio
Alternate title (s): No-touch disinfection methods: Review on the use of devices based on the emission of UV-C light and hydrogen peroxide vapor
Métodos de desinfección sin contacto: Revisión sobre el uso de dispositivos basados ​​en la emisión de luz UV-C y vapor de peróxido de hidrógeno
Méthodes de désinfection "no-touch" : Examen de l'utilisation de dispositifs basés sur l'émission de lumière UV-C et la vapeur de peroxyde d'hydrogène
Author: Vaz, Nicolle Ribeiro
First Advisor: Milagre, Selma Terezinha
First member of the Committee: Pereira, Adriano Alves
Second member of the Committee: Andrade, Adriano de Oliveira
Summary: A disseminação de patógenos se relaciona diretamente com à contaminação das superfícies hospitalares. Isso sugere que os procedimentos de desinfecção e limpeza padrão não são suficientes para promover a segurança dos pacientes. Portanto, há uma demanda crescente de novos métodos seguros, eficazes e rápidos para auxiliar na desinfecção terminal de superfícies ambientais em Estabelecimentos Assistenciais de Saúde. Dentro desta ótica, os dispositivos “no-touch” têm como propósito melhorar os níveis da desinfecção terminal. Em meio à grande variedade de dispositivos disponíveis no mercado, destacam-se os métodos de geração de vapor de peróxido de hidrogênio e baseados na emissão de radiação ultravioleta. Este trabalho propõe revisar e caracterizar as principais tecnologias “no-touch”. Além disso, reunir suas principais vantagens e desvantagens, e buscar estudos na literatura avaliando a eficácia na redução de patógenos multirresistentes e o impacto de sua implementação nas taxas de infecções relacionadas à assistência à saúde. Para fins deste estudo, realizou-se uma pesquisa em duas bases de dados, utilizando palavras chaves e operadores booleanos para aprimorar a estratégia de busca. Utiliza-se de duas fases para selecionar os estudos baseando-se nos critérios de inclusão e exclusão pré-definidos. Diante disso, 22 estudos foram selecionados. Em geral, os sistemas de desinfecção automatizados podem fornecer uma redução da contaminação residual adicional a limpeza manual. Os resultados sugerem que dispositivo de vapor de peróxido de hidrogênio apresentam maior poder de redução de patógenos comparado ao dispositivo de luz ultravioleta, no entanto, possui tempos de ciclo e configuração maiores e difícil de usar. Toda via, os desenhos de estudo apresentam heterogeneidade na metodologia e nos resultados. Assim observa-se uma compensação entre tempo e eficácia nos métodos. Os custos iniciais de aquisição são consideráveis e mais elevados para os dispositivos baseados na emissão de luz ultravioleta, no entanto, os dispositivos de vapor de peróxido de hidrogênio possuem custos contínuos maiores. Por fim, em relação ao impacto clínico, concluiu-se que não há evidências suficientes para comparar os dispositivos e que há uma demanda urgente por regulamentação e testes padronizados para dispositivos de desinfecção “no-touch”.
Abstract: Contamination of hospital surfaces directly involves pathogen spreads, suggesting that standard disinfection and cleaning procedures are insufficient. So, there is an increasing demand for new safe, effective, and rapid methods to aid in the terminal disinfection of environmental surfaces in Health Care Establishments. Within these optics, the “no-touch” devices aim to improve the levels of terminal disinfection. Among the wide variety of devices available in the market, stand out the methods of hydrogen peroxide vapor generation and based on emission of ultraviolet radiation. This paper proposes to review and characterize the main “no-touch” technologies. In addition, to gather its primary advantages and disadvantages, and to seek studies in the literature evaluating the effectiveness in reduction of multiresistant pathogens and the impact of their implementation on the rates of infections related to health care. For this study, it conducted a survey in two databases, using keywords and boolean operators to improve the search strategy. Two phases are used to select 22 studies based on pre-defined inclusion and exclusion criteria. Automated disinfection systems can offer a reduction of the residual contamination added to manual cleaning. The results suggest that the hydrogen peroxide vapor device has greater power of pathogen reduction compared to the ultraviolet light device, but it has longer cycle times and configuration and is difficult to use. Throughout, the study designs presents heterogeneity in the methods and results. Thus, the methods have compensation for time and efficiency. The initial acquisition costs are considerable and higher for devices based on the emission of ultraviolet light, however hydrogen peroxide vapor devices have higher continuous costs. Finally, on the clinical impact, conclude that there is not enough evidence to compare the devices, and that there is an urgent demand for standardized regulation and testing for “no-touch” disinfection devices.
Keywords: Desinfecção terminal
Dispositivos de desinfecção automatizados
Luz ultravioleta
Vapor de peróxido de hidrogênio
Infecções relacionadas à assistência à saúde (IRAS)
Terminal disinfection
Automated disinfection devices
Ultraviolet light
Hydrogen peroxide vapor
Healthcare-Associated Infections (HAI)
Area (s) of CNPq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA BIOMEDICA
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::EPIDEMIOLOGIA
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICA
CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA BIOMEDICA::ENGENHARIA MEDICA::INSTRUMENTACAO ODONTOLOGICA E MEDICO-HOSPITALAR
CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA SANITARIA
CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
CNPQ::OUTROS::ADMINISTRACAO HOSPITALAR
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Quote: VAZ, Nicolle Ribeiro. Métodos de desinfecção "no-touch": Revisão sobre o uso de dispositivos baseados na emissão de luz UV-C e vapor de peróxido de hidrogênio. 2022. 81 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Biomédica) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2022.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/34568
Date of defense: 22-Mar-2022
Appears in Collections:TCC - Engenharia Biomédica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MétodosDesinfecçãoNotouch.pdfTCC1.34 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.