Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19445
ORCID:  http://orcid.org/0000-0002-0941-3501
Tipo do documento: Dissertação
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Título: Criação de material de apoio para o ensino básico de artes visuais para alunos deficientes visuais
Autor(es): Posca, Luis Muller
Primeiro orientador: Agreli, João Henrique Lodi
Primeiro membro da banca: Melo, Roberta Maira de
Segundo membro da banca: Lemos, Sabrina Maia
Resumo: Este estudo propõe demonstrar como o ensino das Artes Visuais pode ser adaptado ao aluno deficiente visual da Educação Básica. Considerando-se o princípio de que a Arte está ligada aos sentimentos humanos, muitos acreditam que, por não enxergar, esse aluno está excluído daquilo que se refere à poética visual. Defendemos que, por intermédio de um método de ensino com pranchas táteis juntamente da sinestesia (fenômeno que provoca reações multissensoriais, misturando mais de um sentido diante de um objeto de análise), é possível que o aluno não visual possa apreciar obras de artes visuais. Diante da ausência de um parâmetro atual para a adaptação curricular no ensino de Artes Visuais e de livros que possam auxiliar o docente sobre essa linguagem artística, esta pesquisa dá luz à criação de um método didático-pedagógico de ensino de Artes Visuais com pranchas táteis para alunos não visuais nas aulas de Arte, a fim de que eles tenham seu direito garantido a uma aprendizagem significativa e inclusiva nessa disciplina.
Abstract: This essay intends to attest how the teaching of the Visual Arts can be adapted to the visual impaired student of Basic Education. Considering the basis that Art is linked to the human feelings, many people believe that one, who cannot see, this student is excluded from what refers to visual poetics. We argue that it is possible for the non-visual student to appreciate pieces of visual arts through a method of teaching with tactile planks along with synesthesia (a phenomenon that provokes multisensory reactions, mixing more than one sense before an object of analysis) it is possible that the non-visual student can appreciate works of visual arts. Faced with the absence of a current parameter for the curricular adaptation in the teaching of Visual Arts and of books that can help the teacher about this artistic language, this research gives light to the creation of a teaching-pedagogical method of Visual Arts teaching with tactile planks for Non-visual students in Art classes in order for them to have their guaranteed right to meaningful and inclusive learning in this subject.
Palavras-chave: Artes
Percepção
Artes visuais
Deficientes visuais
Sinestesia
Método didático-pedagógico
Pranchas táteis
Visual arts
Visually impaired
Synesthesia
Didactic-pedagogical method
Tactile boards
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES
Idioma: por
País: Brasil
Editora: Universidade Federal de Uberlândia
Programa: Programa de Pós-graduação em Artes (Mestrado Profissional)
Citação: POSCA, Luis Muller. Criação de material de apoio para o ensino básico de artes visuais para alunos deficientes visuais. 2017. 63 f. Dissertação (Mestrado em Artes) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017. Disponível em: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2017.383
Identificador do documento: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2017.383
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19445
Data de defesa/publicação: 8-Jun-2017
Aparece nas coleções:DISSERTAÇÃO - Artes (Mestrado Profissional)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CriacaoMaterialApoio.pdfDissertação2.44 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.