Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19056
ORCID:  http://orcid.org/0000-0002-0941-3501
Tipo do documento: Dissertação
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Título: Efeitos da intervenção fisioterapêutica por meio do método pilates na dor lombar em gestantes: ensaio clínico randomizado
Autor(es): Ferreira, Letícia Rodrigues
Primeiro orientador: Baldon, Vanessa Santos Pereira
Primeiro membro da banca: Meirelles, Maria Cristina Cortez Carneiro
Segundo membro da banca: Resende, Ana Paula Magalhães
Resumo: Introdução: A preparação do corpo para a gestação envolve adaptações fisiológicas e anatômicas, que podem resultar em sintomas como a dor lombar. Este sintoma causa um grande impacto sobre a qualidade de vida desta população. Assim, torna-se essencial a elaboração de estratégias curativas de baixo custo que reduzam os gastos governamentais com o tratamento dessa disfunção e promova o bem estar da gestante. Objetivo: Verificar os efeitos da intervenção fisioterapêutica por meio do Método Pilates na dor lombar durante a gestação. Métodos: Estudo randomizado e controlado com randomização em paralelo (1:1). Foram selecionadas 50 gestantes primíparas que foram aleatoriamente dividas em Grupo Pilates - Exercícios do Método Pilates (n=24) e Grupo Controle- Exercícios tradicionais da Fisioterapia (n=12). As gestantes foram avaliadas em dois momentos: antes (14a e a 20a semanas gestacionais) e após a intervenção (34a e a 36a semanas gestacionais). Os desfechos avaliados foram à intensidade de dor lombar pela Escala Visual Analógica da Dor, a incapacidade relacionada à dor lombar utilizando o questionário Índice de Incapacidade de Oswestry e a qualidade de vida pelo questionário WOQOL-Bref. Ambos os grupos foram submetidos à intervenção em grupo duas vezes por semana com duração de 60 minutos. Resultados: Uma gestante do grupo Pilates e 13 gestantes do grupo Controle abandonaram as intervenções. Foi observado um aumento da incapacidade relacionada à dor lombar após a intervenção tanto o grupo Pilates quanto o grupo Controle. A análise intergrupos demonstrou um aumento superior no Grupo Controle quando comparado ao Grupo Pilates após a intervenção. Não foram observadas diferenças significativas na intensidade da dor. A qualidade de vida manteve-se boa, não observando a diminuição da qualidade de vida. Ao realizar a correlação entre as variáveis e o número de sessões verificou-se uma correlação negativa moderada entre o número de sessões realizadas e os valores do questionário Índice de Incapacidade de Oswestry. Conclusão: Os resultados encontrados sugerem que ambas as intervenções foram capazes de impedir a má qualidade de vida e o aumento da dor lombar durante o período gestacional, mas as gestantes submetidas à intervenção por meio do Método Pilates apresentaram menor comprometimento funcional quando comparado ao grupo controle. Também foi observado que quanto maior o comparecimento às sessões, menor foi à incapacidade relacionada à dor lombar ao fim da gestação.
Abstract: Introduction: The preparation of the body for gestation involves physiological and anatomical adaptations; these changes can result in symptoms such as low back pain. This symptom causes a great impact on the quality of life of this population. Thus, it is essential to develop low-cost curative strategies that reduce government expenditures with the treatment of this dysfunction and promote the well-being of the pregnant woman. Objective: To verify the effects of the physiotherapeutic intervention through the Pilates method on low back pain during pregnancy. Methods: Randomized and controlled trial with parallel randomization (1: 1). Fifty primiparous pregnant women were randomly assigned to the Pilates Group - Pilates Method Exercises (n = 24) and Control Group - Traditional Physiotherapy Exercises (n = 12). The pregnant women were evaluated in two moments: before (14th and 20th gestational weeks) and after the intervention (34th and 36th gestational weeks). The outcomes evaluated were the low back pain intensity by the Visual Analogue Pain Scale, the low back pain-related disability using the Oswestry Disability Index questionnaire and the quality of life by the WOQOL-Bref questionnaire. Both groups were submitted to the group intervention twice a week with duration of 60 minutes. Results: A pregnant woman from the Pilates group and 13 pregnant women from the Control group abandoned the interventions. An increase in disability related to low back pain after the intervention was observed in both the Pilates group and the Control group. The intergroup analysis showed a higher increase in the Control Group when compared to the Pilates Group after the intervention. There were no significant differences in pain intensity. Quality of life remained good, not observing the decrease in quality of life. When correlating variables and number of sessions, a moderate negative correlation was observed between the number of sessions performed and the values of the Oswestry Disability Index questionnaire. Conclusion: The results suggest that both interventions were able to prevent poor quality of life and increase lumbar pain during the gestational period, but the pregnant women submitted to the Pilates Method presented lower functional impairment when compared to the control group. It was also observed that the higher the attendance at the sessions, the lower was the disability related to low back pain at the end of gestation.
Palavras-chave: Ciências Médicas
Gravidez
Dor lombar
Pilates, Método
Gravidez
Modalidades de fisioterapia
Low back pain
Pregnancy
Physiotherapy modalities
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Idioma: por
País: Brasil
Editora: Universidade Federal de Uberlândia
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde
Citação: FERREIRA, Letícia Rodrigues. Efeitos da intervenção fisioterapêutica por meio do método pilates na dor lombar em gestantes: ensaio clínico randomizado. 2017. 58 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017. Disponível em: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2017.189
Identificador do documento: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2017.189
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19056
Data de defesa/publicação: 17-Fev-2017
Aparece nas coleções:DISSERTAÇÃO - Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
EfeitosIntervencaoFisioterapeutica.pdfDissertação7.49 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.