Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17045
Tipo do documento: Dissertação
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Título: Avaliação histológica da resposta inflamatória a cimentos de obturação endodôntica
Título(s) alternativo(s): Histological evaluation of the inflammatory response to endodontic filling materials
Autor(es): Oliveira, Rodrigo Pagliari
Primeiro orientador: Sousa, Cássio José Alves de
Primeiro membro da banca: Durighetto Jr, Antonio Francisco
Segundo membro da banca: Pascon, Elizeu Alvaro
Resumo: A odontologia dos nossos dias tem trabalhado de forma incessante a fim de que seus resultados sejam notórios. Novas técnicas, novos materiais, enfim, mesmo assim os índices de cárie ainda atingem números que caracterizam seu risco. Não só a evolução da doença cárie, mas as iatrogenias também levam à necessidade do tratamento endodôntico que consiste em remoção de todo material necrótico e infectado e/ou inflamado do sistema de canais radiculares, desinfecção do mesmo sistema e sua substituição por material obturador. Verifica-se ainda, nos dias atuais, a falta de consenso entre os pesquisadores, sobre qual o material ideal a ser usado nas obturações endodônticas. Assim, o presente trabalho objetivou a realização de uma avaliação histológica comparativa, através de testes biológicos, segundo critérios estabelecidos pela Federação Dentária Internacional de dois materiais indicados para este fim. Neste experimento foram testados os seguintes materiais: AHPlus, MTA (mineral trióxido agregado) e o cimento endodôntico, recentemente lançado no mercado, Epiphany. Foram utilizadas 30 cobaias ( Guinea Pig ) sendo 10 para cada material, divididas em períodos experimentais de 30 e 90 dias. Foram realizados 02 implantes intra-ósseos em cada animal, na região lateral à sínfise mandibular, próximos aos dentes incisivos. Para acondicionar os materiais testados foram utilizados copos de Teflon, sendo que as suas laterais serviram de controle. Decorridos os períodos experimentais, os animais foram sacrificados e os espécimes preparados para o exame histológico de rotina. Os resultados mostraram que os cimentos MTA e Epiphany apresentaram características de biocmpatibilidade segundo os critérios adotados e o AHPlus não. Os resultados permitiram concluir, segundo os protocolos da FDI e ADA/ANSI, que os materiais MTA e Epiphany são biocompatíveis, apresentando condições biológicas para a utilização como material obturador endodôntico.
Abstract: Dentistry in our days has been working in an incessant manner so that its results be well-known. New techniques, new materials, ultimately, even if the indexes of dental decay still reach a number that characterize risk. Not only the evolution of the disease decay, but also the iatrogenic make it necessary to have endodôntic treatment that consists in the removal of all necrosis inflamed and infected material from the system of root channels, disinfection of the same system and its substitution by felling material. It also verifies, in the present day, the lack of consent among researchers, as to the ideal material to be used in the endodontic fillings. In this way, the present work aimed at the accomplishment of a comparative histological evaluation, through biological tests, according to criteria established by the International Dental Federation of three materials indicated for this end. In this experiment the following materials were tested: AHPlus, another endodontic material recently introduced to the market Epiphany and MTA, Aggregated Trioxide Mineral. Thirty (30) guinea-pigs were used (" Guinea Pig ") ten (10) for each material, divided in experimental periods of 30 and 90 days. Two (2) inter-bone implants were accomplished in each animal, in the lateral area to the mandible sínfisis, on the side of the incisive teeth. So as to condition the tested materials Teflon cups were used, as the sides served as control. Terminating the experimental periods, the animals were sacrificed and the specimens were prepared for routine histological exam. The results showed that MTA as much as the Epiphany cement presented biocompatibility characteristics according to the criteria adopted and AHPlus did not. The results allowed us to conclude, according to FDI and ADA /ANSI protocols, that the Epiphany and MTA materials are biocompatible, presenting biological conditions for their use as endodontic filling material.
Palavras-chave: Materiais dentários
Biocompatibility
Root canals sealers
Endodontics
Materiais dentários - Biocompatibilidade
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Editora: Universidade Federal de Uberlândia
Sigla da instituição: UFU
Departamento: Ciências da Saúde
Programa: Programa de Pós-graduação em Odontologia
Citação: OLIVEIRA, Rodrigo Pagliari. Histological evaluation of the inflammatory response to endodontic filling materials. 2006. 90 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2006.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17045
Data de defesa: 30-Ago-2006
Aparece nas coleções:DISSERTAÇÃO - Odontologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
RPOliveiraDISPRT.pdf1.81 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.