Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15471
ORCID:  http://orcid.org/0000-0002-0941-3501
Tipo de documento: Dissertação
Tipo de acceso: Acesso Aberto
Título: As criações neológicas em Monteiro Lobato: para a construção de um glossário
Autor: Cardoso, Nilza Aparecida Alves
Primer orientador: Martins, Evandro Silva
Primer miembro de la banca: Pereira, Kênia Maria de Almeida
Segundo miembro de la banca: Moraes Filho, Waldenor Barros
Resumen: Esta pesquisa teve por objetivo fazer um levantamento do léxico da obra Urupês , de Monteiro Lobato, a fim de construir um glossário dos neologismos encontrados na obra. Está vinculada ao projeto intitulado Dicionários dos Neologismos Literários do Português do Brasil do Mestrado em Lingüística da Universidade Federal de Uberlândia. Partimos da hipótese de que Lobato, na tentativa de contextualizar os personagens em espaços afastados dos centros urbanos, busca no léxico da Língua Portuguesa, a construção de palavras inusitadas que representem o efeito poético por ele pretendido. Outra hipótese seria a de que suas criações lexicais podem resgatar afetivamente a época e as vivências do autor. Nosso trabalho, em primeiro lugar, consistiu na seleção dos substantivos, adjetivos e verbos presentes na referida obra, objeto da pesquisa. Para verificar o caráter neológico destas lexias, foram usados como corpus de exclusão dicionários de época e os fundamentos da teoria de Boulanger (1979). Em seguida, fizemos a análise do sentido contextual das palavras e, além disso, por meio de notas lingüísticas, acrescentamos outras informações que consideramos relevantes. Verificamos, após a pesquisa, que foi encontrado um número significativo de neologismos na obra lobatiana, confirmando, assim, uma das nossas principais hipóteses. Através do estudo das palavras selecionadas, percebemos, ainda, a expressividade dos elementos vocabulares empregadas pelo autor. Desse modo, podemos, finalmente, concluir que Monteiro Lobato construiu seus neologismos pelos conhecimentos que tinha da estrutura de sua língua, o que favoreceu, de certa forma, a construção de sentidos para as palavras. Além disso, suas criações lexicais adquirem um sentido inédito dentro do contexto literário em que se encontra registrado.
Abstract: This research had for objective to study the lexis of Urupês , by Monteiro Lobato and make a glossary of the neologisms found in that work. It is linked to the project named 'Dictionaries of the Literary Neologisms of the Portuguese Language of Brazil', Master's degree program in Linguistics of the Universidade Federal de Uberlândia. Our hypothesis is that Lobato looks for the construction of unusual words which represent the poetic effect he intends to present. He works on the lexicon of the Portuguese Language in the attempt of contextualizing the characters that are far from the urban areas. Another hypothesis would be that his lexical creations can affectively rescue the time and the author's experiences. Our work firstly consisted of the selection of nouns, adjectives and verbs that are presented in Lobato s work, which is our research object. To verify the neological character of this lexis, dictionaries of certain periods of time and the foundations of Boulanger s theory (1979) were used as the exclusion corpus . We then, made the analysis of the words contextual sense, adding some other information we considered as relevant. After the research we verified that one or our main work hypotheses was confirmed, once we found a significant number of neologisms in the author s work. Studying the selected words, we still noticed the expressiveness of the word elements which were used by the author. Finally we can conclude that Monteiro Lobato built his neologisms with the knowledge he had of the structure of his mother tongue, what favored, in a certain way, the construction of senses for the words. Besides, his lexical creations acquire an unpublished sense in the literary context where one can find the register.
Palabras clave: Lexicologia
Lexicografia
Glossário
Neologismo
Monteiro Lobato
Lexicology
Lexicography
Glossary
Neologism
Monteiro Lobato
Língua portuguesa - Lexicografia
Lobato, Monteiro, 1882-1948 - Urupês Crítica e interpretação
Área (s) del CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
Idioma: por
País: BR
Editora: Universidade Federal de Uberlândia
Sigla de la institución: UFU
Departamento: Linguística Letras e Artes
Programa: Programa de Pós-graduação em Estudos Linguísticos
Cita: CARDOSO, Nilza Aparecida Alves. As criações neológicas em Monteiro Lobato: para a construção de um glossário. 2006. 173 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Letras e Artes) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2006.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15471
Fecha de defensa: 17-jul-2006
Aparece en las colecciones:DISSERTAÇÃO - Estudos Linguísticos

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
CriacoesNeologicasMonteiro.pdf1.64 MBAdobe PDFVista previa
Visualizar/Abrir


Los ítems de DSpace están protegidos por copyright, con todos los derechos reservados, a menos que se indique lo contrario.