Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/28602
ORCID:  http://orcid.org/0000-0002-2011-5820
Document type: Trabalho de Conclusão de Curso
Access type: Acesso Aberto
Title: Biometria e qualidade fisiológica de sementes de três fabaceae nativas
Alternate title (s): Biometrics and physiological qualification of sementes from three native fabaceae
Author: Bragiola, Natália Guariglia
First Advisor: Morais, Tatiane Pereira Santos
First coorientator: Sá Junior, Adílio de Sá
First member of the Committee: Oliveira, João Paulo Ribeiro de
Summary: O conhecimento das características dos frutos e sementes, juntamente com a qualidade e vigor, de espécies nativas são de extrema importância para o sucesso de programas de restauração. O objetivo do presente estudo é identificar e conhecer as características físicas em relação à qualidade fisiológica de três espécies florestais da família Fabaceae. Para isso, foram coletados frutos de E. speciosa, P. confertiflora e S.parahyba e mensuradas suas dimensões de comprimento, largura e espessura; analisando a qualidade das sementes e a classificando de acordo com seu vigor. Para a dinâmica da água as sementes foram divididas em dois tratamentos: a) sem escarificar (TSE) e b) escarificadas (TCE). Utilizou-se sal 2,3,5 trifenil tetrazólio a 1%, para a classificação das sementes em viáveis ou inviáveis. Foram colocadas para germinar sementes coletadas contando diariamente a germinação, e ao fim do experimento, foram calculados os índices de emergência e taxa de germinação e feita a massa fresca e seca das plântulas. As sementes das espécies apresentaram diferenças, mostrando a variabilidade dentro da própria espécie que pode ser influenciada por fatores climáticos e bióticos, além da própria genética. As maiores médias encontradas para as três espécies foram para o comprimento, o qual para S. parahyba foi de 29,24 mm, para P. confertiflora foi de 19,58 mm e para E. speciosa foi de 14,68 mm; o maior desvio padrão também foi para essa característica, mostrando que há maior variância amostral. Sementes do tratamento com escarificação apresentaram maior absorção de água. Em relação a crescimento da plântula e massa seca é possível concluir que as espécies investiram mais em crescimento radicular, uma vez que precisam se estabelecer no ambiente e são espécies tropicais. Portanto, podemos concluir que o TCE foi efetivo para alcançar resultados fisiológicos melhores, aumentando a germinação, o IVE e também o crescimento das plântulas em E. speciosa e S. parahyba. A espécie P. confertiflora não apresentou resultados satisfatórios nos testes devido a deterioração sofrida durante o armazenamento.
Abstract: The knowledge of the characteristics of the fruits and seeds, together with the quality and vigor, of native species are extremely important for the success of restoration programs. The objective of the present study is to identify and know the physical characteristics in relation to the physiological quality of three forest species of the Fabaceae family. For that, fruits of E. speciosa, P. confertiflora and S.parahyba were collected and their dimensions of length, width and thickness were measured; analyzing the quality of the seeds and classifying them according to their vigor. For the water dynamics the seeds were divided into two treatments: a) without scarifying (TSE) and b) scarifying (TCE). 2,3,5 triphenyl tetrazolium salt at 1% was used to classify the seeds as viable or non-viable. They were placed to germinate collected seeds counting daily the germination, and at the end of the experiment, the emergence index and germination rate were calculated and the fresh and dry mass of the seedlings was made. The seeds of the species showed differences, showing the variability within the species itself that can be influenced by climatic and biotic factors, in addition to the genetics itself. The highest averages found for the three species were for length, which for S. parahyba was 29.24 mm, for P. confertiflora it was 19.58 mm and for E. speciosa it was 14.68 mm; the highest standard deviation was also for this characteristic, showing that there is a greater sample variance. Seeds from scarification treatment showed higher water absorption. Regarding seedling growth and dry mass, it is possible to conclude that the species invested more in root growth, since they need to establish themselves in the environment and are tropical species. Therefore, we can conclude that TBI was effective to achieve better physiological results, increasing germination, IVE and also seedling growth in E. speciosa and S. parahyba. The species P. confertiflora did not present satisfactory results in the tests due to the deterioration suffered during the storage.
Keywords: Espécies arbóreas
Arboreal species
Biomas brasileiros
Brazilian biomes
Curva de embebição
Imbibition curve
Escarificação mecânica
Mechanical scarification
Area (s) of CNPq: CNPQ::ENGENHARIAS
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Quote: BRAGIOLA, Natália Guariglia. Biometria e qualidade fisiológica de sementes de três Fabaceae nativas. 2019. 41 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2020.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/28602
Date of defense: 10-Dec-2019
Appears in Collections:TCC - Engenharia Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BiometriaQualidadeFisiologica.pdf1.91 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.