Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/26785
Document type: Trabalho de Conclusão de Curso
Access type: Acesso Aberto
Title: Desempenho percebido, potência de equipes, stresse e capital psicológico: suas correlações em equipes femininas de esportes coletivos
Author: Preuhs, Suzanna Araujo
First Advisor: Gomide Júnior, Sinésio
First member of the Committee: Alvarenga, Wellington da Cruz
Second member of the Committee: Ribeiro, Nina Bárbara Avelar
Summary: Este estudo objetiva investigar as correlações entre a Percepção de Desempenho no Trabalho e a Percepção de Stresse, Potência de Equipes e Capital Psicológico. A Percepção de Desempenho no Trabalho é um constructo composto por duas dimensões (com características e definições próprias): Desempenho de Tarefa e Desempenho Contextual. A Potência de Equipes é um conceito relativamente novo a ser estudado, e é definida como as capacidades e crenças que os indivíduos tem de que são capazes de realizar determinada atividade com êxito. Já Stresse no Trabalho pode ser definido como o grau de desgaste total causado pelo trabalho, com a existência de efeitos na mente ou corpo, enquanto Capital Psicológico é composto por quatro dimensões (com sua própria definição e mensuração): Esperança, Otimismo, Resiliência e Auto Eficácia. Para o alcance do objetivo, foram aplicadas quatro escalas (ICPT -25; Questionário de Estresse; EGDT; EPET) em 31 atletas de equipes femininas de esporte amador. Os resultados evidenciaram correlações significativas entre a percepção de Potência e Desempenho de Tarefa; Esperança e Desempenhos de Tarefa e Contextual; Otimismo e Desempenho Contextual e Eficácia e Desempenhos de Tarefa e Contextual. As limitações desta investigação, suas contribuições e uma agenda de pesquisa foram apresentadas à guisa de conclusão.
Abstract: This study aims to investigate the correlations between Perception of Performance at Work and the Perception of Stress, Team Power and Psychological Capital. Perception of Performance at Work is a construct composed of two dimensions (with its own characteristics and definitions): Task Performance and Contextual Performance. Team Power is a relatively new concept to be studied, and it is defined as the capabilities and beliefs that individuals have that they are able to perform a given activity successfully. Already Stress in the Work can be defined as the degree of total wear caused by the work, with the existence of effects in the mind or body, whereas Psychological Capital is composed of four dimensions (with its own definition and measurement): Hope, Optimism, Resilience and Self Efficiency. In order to reach the goal, four scales (ICPT -25; Stress Questionnaire; EGDT; EPET) were applied to 31 female amateur sport teams. The results showed significant correlations between Power Perception and Task Performance; Task and Contextual Expectations; Optimism and Contextual Performance and Effectiveness and Task and Contextual Performances. The limitations of this research, its contributions and a research agenda were presented as a conclusion.
Keywords: Potência
Desempenho
Capital psicológico
Stresse
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA DO TRABALHO E ORGANIZACIONAL
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Quote: PREUHS, Suzanna Araujo. Desempenho percebido, potência de equipes, stresse e capital psicológico: suas correlações em equipes femininas de esportes coletivos. 2019. 35 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Psicologia) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2019.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/26785
Date of defense: 2-Jul-2019
Appears in Collections:TCC - Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DesempenhoPercebidoPotência.pdf1.22 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons