Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/26358
ORCID:  http://orcid.org/0000-0001-6836-5856
Document type: Trabalho de Conclusão de Curso
Access type: Acesso Aberto
Title: Desenhos e encontros: possibilidades para o retrato
Author: Clementino, Thales Cezar Fagundes
First Advisor: Buenoz, Paulo Roberto Lima
First member of the Committee: Dória, Renato Palumbo
Second member of the Committee: Fonseca, Fábio
Summary: Artistas estão o tempo inteiro articulando o desconhecido em suas criações. Sob uma ótica menos familiarizada com o exercício de criar, pode parecer que os trabalhos artísticos são concebidos por puros caprichos da inspiração, sendo o artista um mero mensageiro de uma força divina. Mas não é o que de fato acontece. Durante uma criação o artista está o tempo inteiro numa luta interna, buscando através de seu repertório trazer à consciência coletiva um sentido sobre os próprios anseios, contemplando ao mesmo tempo a miséria e a beleza da condição humana num campo de pura sensibilidade. Deste território onde a luta acontece é difícil extrair um pensamento objetivo, pois são várias as forças que se manifestam no imaginário, e elas se movimentam com bastante intensidade e não muito raramente estão em rota de colisão. Este território é o próprio desconhecido e é nele que situo meus trabalhos. E isto não se dá por escolha pois, como já disse, contemplar este lugar significa também estar aberto a uma angústia muito intensa. Mas com o tempo passei a entender que esta angústia é inerente ao próprio exercício de criação, pois ao desenhar, pintar, escrever, compor, acredito que estamos transformando nosso próprio vocabulário, expandindo nossa compreensão sobre o nosso mundinho interno, e, por conseguinte, o próprio mundo objetivo. Esta revelação, como tudo que vem do desconhecido, não se deu sem custo: por várias e várias vezes pensei em desistir do desenho que é a minha ferramenta de criação. Acredito que por essa agonia, muitas pessoas não exercem ou desistem de seu potencial criador, pois não estão dispostas a somar este tormento aos já estabelecidos tormentos da experiencia humana. Mas uma vez que se assuma os perigos da estrada, a viagem é sempre recompensadora. Acredito que as grandes descobertas da humanidade se deram, em algum momento, a nível interno. Em uma instância pessoal, este trabalho foi um subproduto de grande valia das minhas contemplações internas e, pelos caprichos da casualidade, vos convido a acompanhar como se deu uma destas viagens. Peço-lhes que me perdoem se soar deveras subjetivo, ou mesmo especulativo por abusar de conceitos abstratos como “mistério’ e “inquietação” para definir os agentes que se manifestam dentro da produção. Como disse anteriormente, neste tipo de trabalho traduzir assertivamente a experiência do desconhecido é tarefa árdua e perante ela só me resta assumir que eventualmente me encontrarei nos limites do meu vocabulário.
Keywords: Desenho
Retrato
Area (s) of CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES::ARTES PLASTICAS::DESENHO
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Quote: CLEMENTINO, Thales Cezar Fagundes. Desenhos e encontros: Possibilidades para o retrato. 2018. 73 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Artes Visuais) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2018
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/26358
Date of defense: 20-Dec-2018
Appears in Collections:TCC - Artes Visuais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DesenhosEncontrosPossibilidades.pdf14.94 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.