Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/24833
ORCID:  http://orcid.org/0000-0003-3817-5511
Document type: Tese
Access type: Acesso Aberto
Title: Integração de mídias na disciplina de geometria analítica em um curso de graduação em matemática
Alternate title (s): Media integration in analytical geometry in an undergraduate program in mathematics
Author: Lopes, Érika Maria Chioca
First Advisor: Souza Junior, Arlindo José de
First member of the Committee: Manrique, Ana Lúcia
Second member of the Committee: Morelatti, Maria Raquel Miotto
Third member of the Committee: Matos, Fabiana Fiorezi de Marco
Fourth member of the Committee: Oliveira, Guilherme Saramago de
Summary: Esta pesquisa, de cunho qualitativo, analisou o processo de constituição e implementação de uma proposta pedagógica que inseriu tecnologias digitais para ensinar e aprender Geometria Analítica, a partir do olhar dos estudantes do Curso de Graduação em Matemática que dela participaram. A proposta foi desenvolvida por um grupo de professores e alunos bolsistas, para o ensino presencial de Geometria Analítica, em dois semestres letivos consecutivos. As aulas presenciais foram complementadas por um ambiente virtual de aprendizagem criado na plataforma Moodle, que continha diversos materiais e atividades, algumas numa interface do GeoGebra inserida dentro do Moodle. Conjuntamente, algumas ações para apoio aos estudantes com conteúdos de matemática básica e um novo sistema de avaliação foram implementados. Além disso, por meio de uma impressora 3D, houve a construção de superfícies, utilizadas em sala de aula. Como participantes da pesquisa, tivemos 17 estudantes do Curso de Graduação em Matemática da Universidade Federal de Uberlândia, que participaram efetivamente da proposta pedagógica em foco. Fundamentados na Epistemologia Qualitativa de González Rey (2005), estruturamos o caminho metodológico e a análise interpretativa das informações, tendo como instrumentos para esta pesquisa: documentos disponíveis sobre a proposta; relatórios sobre participação e postagens das atividades realizadas pelos alunos, gerados pelo Moodle; questionários e entrevistas semiestruturadas com esses estudantes. Partimos da discussão sobre educação online e nos baseamos na conceituação de modelos pedagógicos de Behar (2009), para descrever, analisar e interpretar os dados construídos nesta pesquisa, organizados em quatro categorias interrelacionadas: aspectos organizacionais, conteúdo, aspectos metodológicos e tecnológicos. As análises indicaram que a organização sistematizada do estudo – proporcionada no projeto por meio das atividades e feedbacks no ambiente virtual – e a possibilidade de retomada da aprendizagem e de recuperação do desempenho – por meio do apoio oferecido ao estudante e da sistemática de provas substitutivas – configuraram-se como tentativas institucionalizadas de suporte ao ingressante em seu processo de transição para o Ensino Superior. Foram vários resultados alcançados nessa proposta pedagógica, dentre os quais destacamos dois, que favoreceram as diversas e intensas interações dos estudantes durante o desenvolvimento do projeto: o primeiro é o fato de que o modelo pedagógico, constituído e implementado colaborativamente, configurou-se como um ambiente de acompanhamento do estudante pelo professor, e o segundo, o fato de que o ambiente virtual de aprendizagem não apenas inseriu tecnologias, mas de fato integrou diversas mídias a esse modelo, e tornou se uma ferramenta de organização do estudo de Geometria Analítica para o aluno.
Abstract: This research, which has a qualitative character, analyzed the process of constitution and implementation of a pedagogical proposal which used digital technologies to teach and learn Analytical Geometry, from the point of view of the undergraduate students of a Mathematics course which participated in it. The proposal was developed by a group of professors and students, and was intended to be used in live classes of Analytical Geometry, during two consecutive terms. The live classes were complemented by a virtual learning environment which runs on the Moodle platform, which contained several materials and activities, some from a GeoGebra instance embedded in Moodle. At the same time, some actions were developed to support students which had problems with basic mathematical knowledge and a new assessment system was created. Besides that, some 3D surfaces were created, by means of a 3D printer, and were used in the live classes. We had 17 students of the undergraduate program in Mathematics participating effectively in this pedagogical proposal. Based on the Qualitative Epistemology of González Rey (2005), we structured the methodological path and the interpretative analysis of information, having as tools for this research: available documents about the proposal, reports about participation and posts on the activities done by the students, which were generated by Moodle; a quiz and semi-structured interviews with the students. We started from a discussion about online education, and based on the concepts of pedagogical models of Behar (2009), to describe, analyze and interpret the data produced in this research, organized in four inter-related categories: organizational aspects, content, methodological and technological aspects. The analysis indicated that the systematized organization of the study – provided, in the proposal, by the activities and the feedback on the virtual environment – and the possibility of recapturing the learning process and improving the performance - using the support offered to the student and the system of replacement assessments - appeared as institutionalized attempts to support the newcomer students in their process of transition to undergraduate studies. We have obtained several results from this pedagogical proposal, among which we cite two that favored the diverse and intense interactions among the students during the development of the project: first, the fact that the pedagogical model, which was built and implemented collaboratively, served as a student's follow-up environment, and second, the fact that the virtual environment not only inserted technologies, but truly integrated several media to this model, worked as an organizational tool for the student, in his or her study of Analytical Geometry.
Keywords: Integração de mídias
Educação
Ensino superior
Geometria analítica
Educação online
Acompanhamento do estudante
Organização do estudo
Ensino auxiliado por computador
Ensino à distância
Mídia digital - Educação
Geometria analítica (Ensino superior) - Estudo e ensino
Media integration
Study organization
Student follow-up
Online education
Analytical geometry
Undergraduate education
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::ENSINO-APRENDIZAGEM
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Educação
Quote: LOPES, Érika Maria Chioca. Integração de mídias na disciplina de geometria analítica em um curso de graduação em matemática. 2019. 275 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2019. Disponível em: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.te.2019.920
Document identifier: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.te.2019.920
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/24833
Date of defense: 26-Feb-2019
Appears in Collections:TESE - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
IntegraçãoMídiasDisciplina.pdf16.5 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.