Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/24045
Document type: Tese
Access type: Acesso Embargado
Title: Diversidade, dinâmica populacional e uso de recursos aromáticos por abelhas Euglossini em formações florestais do bioma Cerrado.
Alternate title (s): Abelhas Euglossini em formações florestais do Cerrado.
Author: Tosta, Thiago Henrique Azevedo
First Advisor: Augusto, Solange Cristina
First member of the Committee: Sofia, Silvia Helena
Second member of the Committee: Rocha Filho, Léo Correia da
Third member of the Committee: Junqueira, Camila Nonato
Fourth member of the Committee: Almeida, Ariádine Cristine de
Summary: As abelhas Euglossini possuem uma distribuição Neotropical e grande diversidade em florestas tropicais úmidas. Machos dessa tribo forrageiam por néctar e fragrâncias aromáticas em diversas fontes, podendo ser florais ou não. Estudos recentes realizados no Cerrado revelam que ambientes florestais contribuem para a grande diversidade dessas abelhas no Bioma, apesar de estimativas populacionais indicarem a possível ocorrência de pequenas populações. Os objetivos gerais do trabalho foram (i) verificar possíveis variações espaciais e temporais nas diversidades alfa e beta de abelhas Euglossini em remanescentes florestais do Cerrado; (ii) verificar as flutuações temporais e espaciais nos tamanhos populacionais, assim como a possível relação de dependência entre o número de capturas e recapturas, parâmetros utilizados em estimativas populacionais; e (iii) verificar o efeito da associação cor/odor e do ambiente na atração dos machos por iscas aromáticas. Com o auxílio de iscas aromáticas, os machos de Euglossini foram amostrados em seis remanescentes florestais do Cerrado, na região do Triângulo Mineiro, em dois períodos 2013-2014 (P1) e 2015-2016 (P2), com um esforço amostral total de 280 horas. Apenas um dos remanescentes apresentou diferença significativa quanto à diversidade alfa obtida entre os dois períodos de amostragem. Por outro lado, quando os remanescentes são comparados par a par, verificou-se um número maior de diferenças significativas quanto à diversidade local. A diversidade beta foi similar entre os períodos. Foram detectadas variações temporais e espaciais nos tamanhos populacionais. O número de machos Euglossini recapturados, com exceção de Eulaema nigrita, mostrou-se dependente do número de indivíduos marcados. Estimativas permitem detectar flutuações naturais dos tamanhos populacionais, sendo assim essenciais para estudos de monitoramento. Houve preferência por um tipo de isca (eucaliptol) e uma cor (vermelho), mas não houve interação entre esses dois fatores. Houve efeito do ambiente sobre a escolha da fragrância, mas não na escolha da cor. Em conclusão, este estudo revelou que: (i) a diversidade local e regional parecem não ser afetadas ao longo do tempo, mas podem diferir significativamente quando diferentes remanescentes são comparados; (ii) variações espaciais e temporais, e a determinação de números mínimos de captura que devem ser alcançados para que estimativas populacionais possam ser feitas, são de suma importância para estudos de monitoramento; e (iii) além da flora do remanescente, a escolha do odor e cor feita pelos machos de Euglossini parece ser influenciada pela relação intrínseca que cada espécie mantem com suas fontes aromáticas.
Abstract: Euglossine bees have a Neotropical distribution and great diversity in humid tropical forests. Males of this tribe forage for nectar and aromatic fragrances in diverse sources, being able to be floral or not. Recent studies in the Cerrado show that forest environments contribute to the great diversity of these bees in the Biome, although population estimates indicate the possible occurrence of small populations. The aim of the present study was (i) to verify possible spatial and temporal variations in the alpha and beta diversities of Euglossine bees in Cerrado forest remnants; (ii) to verify the temporal and spatial fluctuations in population sizes, as well as the possible relationship of dependence between the number of marks and recaptures, parameters used in population estimates; and (iii) to verify the effect of color/odor and environmental association on the attraction of males to aromatic baits. With aromatic baits, Euglossine males were sampled in six forest remnants of the Cerrado, in the Triângulo Mineiro region, in two periods 2013-2014 (P1) and 2015-2016 (P2), with a total sampling effort of 280 hours. Only one of the remnants presented a significant difference in alpha diversity obtained in two sampling periods. On the other hand, when the remnants are compared with each other, a greater number of significant differences cases in local diversity was observed. Beta diversity was similar between periods. Temporal and spatial variations were detected in population sizes. The number of recaptured Euglossine males, with the exception of Eulaema nigrita, was shown to be dependent on the number of marked individuals. Estimates allow the detection of natural fluctuations of population sizes and are therefore essential for monitoring studies. There was preference for one type of bait (eucalyptol) and one color (red), but there was no interaction between these two factors. There was an effect of the environment on the choice of the fragrance, but not color. In conclusion, this study revealed that: (i) local and regional diversity appears to be unaffected over time, but may differ significantly when different remnants were compared; (ii) spatial and temporal variations and determination of minimum mark individuals to be achieved for population estimates, which are essential for monitoring studies; and (iii) in addition to the flora of the remnant, the choice of odor and color made by Euglossine males seems to be influenced by the intrinsic relation that each species maintains with its aromatic sources.
Keywords: Diversidade alfa
Preferência por cor
Marcação e recaptura
Cerrado
Euglossini
Alpha diversity
Preference for color
Marking and recapture
Cerrado
Euglossine bees
Ecologia
Abelha
Cerrados
Florestas tropicais
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA::ECOLOGIA APLICADA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais
Quote: TOSTA, Thiago Henrique Azevedo. Diversidade, dinâmica populacional e uso de recursos aromáticos por abelhas Euglossini em formações florestais do bioma Cerrado. 2018. 86 f. Tese (Doutorado em Ecologia e Conservação dos Recursos Naturais) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2018. Disponível em: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.te.2018.498.
Document identifier: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.te.2018.498
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/24045
Date of defense: 28-Mar-2018
Appears in Collections:TESE - Ecologia e Conservação de Recursos Naturais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DiversidadeDinâmicaPopulacional.pdf
  Until 2021-01-21
TESE3.22 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.