Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/22960
Document type: Tese
Access type: Acesso Aberto
Title: Efeito da estrutura de hábitat, da vegetação e da perturbação humana sobre a avifauna: variações metodológicas, espaciais e temporais em áreas verdes urbanas
Alternate title (s): Effect of habitat structure, vegetation and human disturbance on avifauna: methodological, spatial and temporal variations in urban green areas
Author: Marques, Renata Leal
First Advisor: Marçal Junior, Oswaldo
First member of the Committee: Piratelli, Augusto João
Second member of the Committee: Pedroso, Everton Tizo
Third member of the Committee: Silingardi, Helena Maura Torezan
Fourth member of the Committee: Del-Claro, Kleber
Summary: A urbanização cresce em todo o mundo, ocasionando mudanças rápidas nas paisagens, e a importância das áreas verdes urbanas é cada vez maior, tanto para o ser humano como para a ecologia urbana. Vários fatores ambientais influenciam a avifauna urbana, sendo essencial planejar e manejar os espaços verdes urbanos para a conservação desse grupo animal. Este trabalho avaliou o efeito da qualidade do hábitat e da perturbação humana sobre a avifauna, avaliando questões relativas às variações metodológicas, espaciais e temporais em 40 áreas verdes urbanas (praças públicas) de Uberlândia, MG, Brasil. Inicialmente, avaliamos dois métodos de amostragem da avifauna, o método de pontos e o método de zigue-zague, de modo a testar sua aplicação em áreas urbanas. Em seguida, foram avaliadas as respostas da avifauna à estrutura do hábitat e à perturbação humana, de forma espacial e temporal. Por fim, verificamos a relação da avifauna urbana com a vegetação presente nas áreas verdes investigadas. Verificamos que o método de caminhadas em zigue-zague possibilitou registrar um maior número de espécies e de indivíduos de aves, como também uma maior frequência de registros de comportamentos que demonstra a sua efetividade no ambiente urbano e maior importância na análise da relação ave-habitat. Poucos estudos empregam o método de caminhadas em zigue-zague, razão pela qual encorajamos sua utilização na área urbana, adaptando-o com o acréscimo do registro auditivo de modo a torná-lo ainda mais eficiente e menos trabalhoso. A comunidade de aves em praças de Uberlândia não mostrou alterações significativas, no curso de cinco anos, em termos da riqueza, abundância e composição de espécies. Isso pode ser explicado pelo fato das mudanças verificadas no ambiente urbano ao longo do período de estudo não terem se refletido na comunidade de aves, em função do tempo relativamente curto entre as avaliações. Porém, é importante destacar que, a despeito de não terem sido observadas mudanças na composição da avifauna das praças pesquisadas, foi notada uma clara tendência de redução de grupos mais sensíveis aos efeitos da urbanização. Dessa forma, é importante dar continuidade ao monitoramento da avifauna na cidade de Uberlândia, a fim de confirmar ou não essa tendência. É preciso manter as áreas verdes urbanas e melhorar a qualidade desses ambientes, de modo a garantir a presença de uma avifauna ainda mais diversificada do que a encontrada atualmente na cidade de Uberlândia. Verificamos também que a riqueza de espécies de plantas nativas e a riqueza de plantas exóticas foram similares, enquanto a abundância de plantas exóticas foi maior. Isso é significativo, uma vez que existe uma preferência da avifauna urbana por forragear, reproduzir e repousar em espécies de plantas nativas. Além disso, verificamos que os diferentes tipos de interações entre a avifauna e a vegetação presente no ambiente urbano diferiram entre si, sendo importante incorporar as diferentes redes de interações envolvidas na relação ave-planta, de modo a promover a conservação da biodiversidade neste tipo de ambiente.
Abstract: Urbanization is growing around the world, causing rapid changes in landscapes and urban green areas, and its importance is increasing for both human being and urban ecology. Several environmental factors influence the urban avifauna, being essential to plan and manage the urban green spaces for the conservation of this animal group. This work evaluated the effect of habitat quality and human disturbance on avifauna, regarding methodological, spatial and temporal variations in 40 urban green areas (public squares) of Uberlândia, MG, Brazil. Initially, we evaluated two methods of bird sampling, the point method and the zig-zag method, in order to test its application in urban areas. Next, we evaluated the responses of the avifauna to the structure of the habitat and the human disturbance, in a spatial and temporal way. Finally, we verified the relation of the urban avifauna with the vegetation present in the green areas investigated. We verified that the zig-zag method allowed a greater number of bird species and individuals to be recorded, as well as a greater number of behaviors, which demonstrates their effectiveness in the urban environment and importance in the analysis of the ave-habitat relationship. Few studies use the zig-zag method, which is why we encourage its use in the urban area, adapting it with the addition of acoustic logging in order to make it even more efficient and less laborious. The community of birds in squares of Uberlândia did not show significant changes, in the course of five years, in terms of the richness, abundance and composition of species. This can be explained by the fact that changes in the urban environment over the study period may not have been reflected in the bird community due to the relatively short time between evaluations. However, it is important to note that, despite the fact that there were no changes in the composition of the avifauna in the areas surveyed, there was a clear tendency to reduce groups more sensitive to the effects of urbanization. Therefore, it is important to continue the monitoring of birdlife in the city of Uberlândia, in order to confirm or not this trend. It is necessary to maintain urban green areas and improve the quality of these environments, in order to guarantee the presence of an even more diversified birdlife than the one currently found in the city of Uberlândia. Besides that, we verified that the richness of species of native and exotic plants were similar, while the abundance of exotic plants was higher. This is significant since there is a preference of the urban avifauna to forage, reproduce and rest on native plant species. In addition, we also verified that the different types of interactions between the avifauna and the vegetation present in the urban environment differed, and it is important to incorporate the different networks of interactions involved in the bird-plant relationship, in order to promote the conservation of biodiversity in this type of environment.
Keywords: Aves
Praças públicas
Métodos de amostragem
Cerrado
Arborização
Planejamento urbano
Ecologia
Aspectos ambientais
Arborização das cidades
Birds
Public squares
Sampling methods
Arborization
Urban planning
Ecology
Environmental aspects
Arborization of cities
Aves - Ecologia
Planejamento urbano - Aspectos ambientais
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA::ECOLOGIA APLICADA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais
Quote: MARQUES, Renata Leal. Efeito da estrutura de hábitat, da vegetação e da perturbação humana sobre a avifauna: variações metodológicas, espaciais e temporais em áreas verdes urbanas. 2017. 167 f. Tese (Doutorado em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2018. Disponível em: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.ufu.te.2018.22
Document identifier: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.ufu.te.2018.22
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/22960
Date of defense: 28-Sep-2017
Appears in Collections:TESE - Ecologia e Conservação de Recursos Naturais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EfeitoEstruturaHabitat.pdfTese7.2 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.