Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/22464
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Precarização das condições de trabalho de docentes da Universidade Federal de Uberlândia
Alternate title (s): Precariousness of the working conditions of teachers of the Federal University of Uberlândia
Author: Vitório, Vívian Fidelis
First Advisor: Silva, Sidartha Sória e
First member of the Committee: Gomes, Darcilene Cláudio
Second member of the Committee: Trópia, Patrícia Vieira
Summary: O trabalho investiga as condições de trabalho de docentes da Universidade Federal de Uberlândia suas percepções relativas à precarização do trabalho docente. No capítulo 1 a análise é realizada a partir das transformações no capitalismo no início dos anos de 1970, que geraram mudanças na organização do trabalho e nas relações de trabalho com a emergência da especialização flexível. No segundo capítulo constrói-se uma análise da trajetória da universidade brasileira no período de Vargas até o governo de Luíz Inácio Lula da Silva, focalizando as políticas educacionais dos diversos governos e impactos na universidade brasileira. O terceiro capítulo trata do trabalho docente, das reformas educacionais dos anos de 1990, as políticas de valorização do funcionalismo público, categoria a qual se insere os professores das universidades públicas federais e o trabalho docente na Universidade Federal de Uberlândia, apresentando aspectos históricos do desenvolvimento da UFU, para tratar de aspectos do trabalho docente na Instituição, apresentação do estudo de caso realizado com os docentes do Instituto de Ciências Biomédicas que permite através das percepções dos professores uma melhor compreensão dos temas tratados anteriormente. Nas considerações finais, conclui-se que as condições de trabalho dos professores da Universidade Federal de Uberlândia encontram-se precárias e tal precariedade se expressa no aspecto relativo à intensificação do trabalho, pois a maioria dos docentes trabalha além da quantidade de horas exigidas na legislação. Para muitos docentes as horas de trabalho extrapolam o tempo dedicado ao lazer e o descanso. Em relação aos docentes do Instituto de Ciências Biomédicas percebe-se um forte engajamento social que supera as dificuldades relativas ao trabalho.
Abstract: The work investigates the working conditions of teachers of the Federal University of Uberlândia, their perceptions regarding the precariousness of the teaching work. In the first chapter, the analysis starts from the transformations in capitalism in the early 1970s that generated changes in work organization and labor relations with the emergence of flexible specialization. In the second chapter, the analysis covers the trajectory of the Brazilian university in the period from Vargas to the government of Luíz Inácio Lula da Silva, focusing on the educational policies of the various governments and their impacts on the Brazilian university. The third chapter deals with teaching work, the educational reforms of the 1990s, the policies for the valorization of public service, a category that includes the teachers of federal public universities and the teaching work at the Federal University of Uberlândia, presenting historical aspects of the development of the UFU, to deal with aspects of the teaching work in the Institution, presenting the case study carried out with the teachers of the Institute of Biomedical Sciences that allows, through the teachers' perceptions, a better understanding of the subjects discussed previously. In the final considerations, it is concluded that the working conditions of the professors of the Federal University of Uberlândia are precarious and that such precariousness is expressed in the aspect related to the intensification of work, since most of the teachers work beyond the amount of hours required in the legislation. For many teachers working hours extrapolate the time dedicated to leisure and rest. In relation to the teachers of the Institute of Biomedical Sciences, there is a strong social engagement that overcomes the difficulties related to work.
Keywords: Capitalismo Flexível
Flexible Capitalism
Universidade
University
Trabalho docente
Teaching Work
Precarização
Precariousness
Ciências sociais
Capitalismo
Professores universitários - Brasil - condições sociais
Trabalhadores - Brasil - Condições sociais
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais
Quote: VITÓRIO, Vívian Fidelis. Precarização das condições de trabalho de docentes da Universidade Federal de Uberlândia. 2017. 94 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Uberlândia, 2018. Disponível em: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2018.1319
Document identifier: Disponível em: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2018.1319
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/22464
Date of defense: 4-Sep-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PrecarizaçãoTrabalhoDocente.pdf922.76 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.