Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/22320
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: O psicólogo escolar na assistência estudantil: um estudo de caso no CEFET – MG unidade Araxá
Alternate title (s): School Psychology in the student assistance program
Author: Silva, Alessandra de Moraes
First Advisor: Silva, Silvia Maria Cintra da
First member of the Committee: Barbosa, Deborah Rosária
Second member of the Committee: Silva, Leonardo Barbosa e
Summary: A atuação do psicólogo no âmbito da Educação está presente nos diversos níveis do sistema de ensino no Brasil; entretanto, no Ensino Superior ainda está em processo de fortalecimento. Na última década, vemos um crescimento no número de relatos de práticas e de estudos relacionados à entrada e permanência do estudante nesse nível de ensino. O Centro Federal de Ensino Tecnológico de Minas Gerais (Cefet - MG) integra a Rede Federal de Educação Profissional, Cientifica e Tecnológica (RFET) que é composta por instituições historicamente reconhecidas no ensino médio brasileiro, hoje uma instituição centenária e reconhecida na formação de jovens e adultos. Agora, após 108 anos de existência e um histórico de grande expansão no estado de Minas Gerais, possui cursos de Educação Profissional Técnica de Nível Médio, Graduação, Pós-Graduação lato e stricto sensu e conta com o serviço da Assistência Estudantil (AE). Nesse contexto, esta pesquisa tem como objetivo geral conhecer e analisar a atuação do psicólogo escolar na Assistência Estudantil no Cefet – Araxá à luz da Psicologia Escolar Crítica. Os objetivos específicos são conhecer e formalizar a história da AE e descrever a trajetória percorrida pela Psicologia Escolar na escola. Buscamos, assim, construir um corpus documental a partir de registros nela existentes, que relatem a história da AE e do trabalho do Psicólogo Escolar. Para a construção do percurso metodológico, configurado como um estudo de caso foram realizados levantamento documental e entrevistas semiestruturadas com um Diretor, duas Assistentes Sociais, uma Pedagoga, cinco Professores que também exerceram o cargo de coordenadores, uma Psicóloga Escolar, uma mãe, três egressos e dois grupos de estudantes com seis em cada grupo, sendo um grupo da graduação e outro com estudantes do ensino técnico. Após a transcrição das entrevistas, foi efetuada uma leitura cuidadosa e realizada análise de conteúdo, sendo organizados três eixos temáticos, a saber: 1) A constituição da Assistência Estudantil no Cefet- MG Araxá; 2) A Assistência Estudantil segundo alguns atores da instituição e 3) Sobre a psicóloga escolar no Cefet – MG Araxá. A criação do Cefet em Araxá teve grande impacto na vida da cidade, e aos poucos foi sendo criada a Assistência Estudantil, com a colaboração dos diferentes atores componentes da instituição. O oferecimento dos mínimos sociais aos estudantes é fundamental para a permanência material dos estudantes; entretanto, não é suficiente, pois é preciso que a instituição cuide também da permanência simbólica, que diz respeito às possibilidades de o estudante sentir-se pertencente ao grupo e inserir-se no sistema de ensino. A Assistência Estudantil, segundo os entrevistados, está diretamente associada e submetida ao atendimento ao estudante e pouco se percebe, ainda, a possibilidade de uma atuação mais ampliada e estratégica da área, de modo a estender o trabalho aos docentes e técnicos. Sobre a atuação da psicóloga no Cefet Araxá, segundo os entrevistados, a profissional desenvolve as seguintes intervenções: preventivas, junto à equipe e institucionais, junto a famílias, professores e estudantes. Por fim, consideramos que o espaço de atuação da psicóloga está conquistado, mas o processo de conscientização acerca do seu real papel e possibilidades de atuação se impõe como grande desafio a ser almejado na rotina diária dos profissionais da AE. O papel do psicólogo escolar deve estar voltado para a conscientização dos sujeitos no processo educacional que seja emancipador. Oportunizando aos próprios atores educacionais a participação e a voz, bem como a reflexão e conscientização quanto as suas práticas e funções nesse processo que é eminentemente coletivo, uma realidade promissora poderá ser construída para a instituição, para a Assistência Estudantil e especialmente para a Psicologia Escolar.
Abstract: The professional performance of the psychologist in the field of Education can be seen in several educational stages of formal learning in Brazil; however, in Higher Education, it is still in the process of strengthening. Over the last decade, it has been seen a growth in the number of reports of practices and studies related to the entry and permanence of the student at this level of education. The Federal Center for Technological Education of Minas Gerais (Cefet - MG) is part of the Federal Network of Vocational, Scientific and Technological Education (FNVSTE), which is composed of institutions historically recognized in the Brazilian high school, nowadays a recognized and centenary institution in the formation of young people and adults. Now, after 108 years of existence and a history of great expansion in the state of Minas Gerais, it has secondary technical-professional courses, graduate, lato sensu and stricto sensu postgraduate courses and counts on the service of Student Assistance (SA). In this context, this research has as general objective to understand and analyze the performance of the school psychologist in the Student Assistance at Cefet – Araxá, in the light of Critical School Psychology. The specific objectives are to understand and formalize the history of the SA and to describe the development of School Psychology in this school. We, therefore, seek to construct a documentary corpus based on existing records that relate the history of SA and the work of the School Psychologist. The research methodology chosen for this case study includes data collection and semi-structured interviews were conducted with a Director, two Social Assistants, a Pedagogue, five Teachers who also held the position of coordinators, a School Psychologist, a mother, three alumni and two groups of students with six in each group, being a graduation group and another with technical education students. After transcribing the interviews, a careful reading and content analysis were performed, and three thematic axes were organized, namely: 1) The constitution of Student Assistance at Cefet-MG Araxá; 2) The Student Assistance according to some important members of the institution and 3) The school psychologist at Cefet - MG Araxá. The creation of Cefet in Araxá had a great impact on the life of the city, and gradually the Student Assistance was created, thanks to the contribution of the different members of the institution. The offering of social minimums to students is fundamental for the students' material permanence; however, it is not enough, because it is necessary that the institution also takes care of the symbolic permanence, which concerns the possibilities of the student to feel belonging to the group and to be inserted in the system of education. The Student Assistance, according to the interviewees, is directly associated and submitted to the care of the student and it is not yet possible to see a greater and more strategic role of the area in order to extend the work to the teachers and technicians. Regarding the psychologist's performance at Cefet Araxá, according to the interviewees, the professional develops the following interventions: preventive action in relation to the team and institutional in relation to families, teachers and students. Finally, we consider that the psychologist's area of performance in the school was conquered, but the process of raising awareness about the real role and possibilities of action of this professional is a major challenge to be sought in the daily routine of the Student Assistance professionals. The role of the school psychologist should be directed towards the awareness of the subjects in the educational process that is emancipatory. Opportunities must be given to the educational members of the institution themselves to participate and voice, as well as to reflect and raise awareness of their practices and functions in this process that is eminently collective, in order to build a promising reality for the institution, for Student Assistance and especially for School Psychology.
Keywords: Psicologia escolar
School Psychology
Assistência estudantil
Student Assistance
Ensino superior
Higher education
Psicologia
Estudantes - psicologia
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Psicologia
Quote: SILVA, Alessandra de Moraes. O psicólogo escolar na assistência estudantil: um estudo de caso no CEFET – MG unidade Araxá. 2018. 174 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2018. Disponível em: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2018.774
Document identifier: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2018.774
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/22320
Date of defense: 26-Apr-2018
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PsicologoEscolarAssitencia.pdf1.93 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.