Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/22144
Document type: Tese
Access type: Acesso Embargado
Title: Avaliação laboratorial e clínica de protocolos restauradores de Lesões Cervicais Não Cariosas
Alternate title (s): Clinical and laboratorial evolution of restorative protocols for Noncarious Cervical Lesions
Author: Machado, Alexandre Coelho
First Advisor: Soares, Paulo Vinícius
First member of the Committee: Reis, Bruno Rodrigues
Second member of the Committee: Raposo, Luís Henrique Araújo
Third member of the Committee: Barreto, Bruno de Castro Ferreira
Fourth member of the Committee: Alto, Raphael Vieira Monte
Summary: As lesões cervicais não cariosas (LCNCs) caracterizam-se pela perda de tecido mineralizado na junção cemento-esmalte, possuindo etiologia multifatorial, envolvendo agentes de tensão, fricção e corrosão. Apesar de não haver consenso em relação ao manejo clínico, o controle das LCNCs consiste na avaliação e manejo dos fatores etiológicos e confecção de restauração, principalmente, com resina composta. Considerando isto, o objetivo geral deste trabalho foi avaliar a o comportamento clínico e biomecânico de protocolos restauradores de LCNCs, divididos em quatro objetivos específicos: 1- avaliar o efeito do padrão oclusal, procedimento restaurador e morfologia da lesão cervical não cariosa no comportamento biomecânico de pré-molar superior; 2- analisar a influência da técnica restauradora em cavidade de lesão cervical não cariosa na tensão de contração residual e grau de conversão de resinas compostas; 3- avaliar o padrão de tensão-deformação de pré-molares superiores hígidos submetidos à fadiga mecânica; e 4- analisar a taxa de sucesso clínico de protocolos restauradores de LCNCs, divididos em dois fatores de estudo: afastamento gengival (sem afastamento; e com fio afastador) e método de aplicação do sistema adesivo universal. Para a execução deste estudo, foi utilizado o método de elementos finitos 3D, teste de extensometria in vivo, método de elementos finitos 2D, teste de extensometria ex vivo, espectrofotometria por infravermelho transformada de Fourier e estudo clínico randomizado. Como resultado, observou-se que o contato oclusal fora do longo eixo do dente e o processo de fadiga mecânica aumentam a concentração de tensão e deformação na região vestibular cervical, principalmente quando o contato é na vertente triturante da cúspide vestibular. A presença de LCNC intensifica estes valores de tensão e deformação, entretanto, a sua morfologia não interfere significativamente. O procedimento restaurador dissipa mais homogeneamente as tensões geradas pelas forças oclusais, resultando em um comportamento mecânico próximo ao dente hígido. A técnica de inserção de único incremento, seja de resina composta convencional ou de baixa contração, é a mais indicada para LCNC com até 2mm de profundidade, pois apresenta menores valores de tensão de contração residual e adequado grau de conversão. Ao analisar a longevidade das restaurações, a média da taxa de sucesso foi de 92,8% em 180 dias. Sendo assim, conclui-se que o a análise oclusal deve ser periodicamente avaliada para identificar possíveis contatos prematuros e interferência oclusais; o processo restaurador é etapa fundamental para o controle das LCNCs; a técnica com único incremento é indicada para restaurar estas cavidades; e o afastamento gengival com fio afastador e o método de aplicação do sistema adesivo universal não influenciaram a longevidade das restaurações de LCNCs em até 180 dias.
Abstract: Noncarious cervical lesions (NCCLs) are characterized by loss of mineralized tissue at the cementum-enamel junction and presents multifactorial etiology, involving stress, friction and corrosion agents. Although there is no consensus regarding clinical management, the control of NCCL is the evaluation and management of etiological factors and restoration mainly with composite resin. Considering this, the general propose were to evaluate the clinical and biomechanical behavior of NCCL’s restorative protocols, divided into four specific objectives: 1- to evaluate the effect of occlusal pattern, restorative procedure and morphology of NCCL on the biomechanical behavior of maxillary premolar; 2- to analyze the influence of the NCCL restorative technique on the residual shrinkage stress and degree of conversion of composite resins; 3- to evaluate the stress-strain pattern of intact maxillary premolar submitted to mechanical fatigue; and 4- to analyze the clinical success rate of NCCL restorative protocols, divided into two study factors: gingival displacement (with and without gingival retraction cord); and method of applying the universal adhesive system. For this study, 3D finite element analyze, in vivo strain gauge test, 2D finite element analyze, ex vivo strain gauge test, fourier transform infrared spectrophotometer and randomized clinical trial were performed. As a result, occlusal contact outside the long axis of the tooth and the mechanical fatigue process have been shown to increase the concentration of stress and strain in the buccal cervical region, especially when the contact is in the grinder slope of the buccal cusp. The presence of NCCL increase the stress and strain values, however, its morphology does not significantly interfere on the biomechanical behavior. The restorative procedure dissipates more homogeneously the stress generated by the occlusal forces, resulting in a mechanical behavior closer to the intact tooth. The technique of insertion of one increment, either of conventional or low shrinkage composite resin, is the most indicated for NCCL of up to 2mm of depth, because it presents lower residual shrinkage stress and adequate degree of conversion. When analyzing the longevity of the restorations, the mean success rate was 92.8% in 180 days. Therefore, it were concluded that the occlusal arrangement should be periodically evaluated to identify possible premature contacts or occlusal interference; the restoration is a fundamental step for the control of NCCLs; the technique with single or bulk-fill increment is indicated to restore these cavities; the gingival displacement with retracting cord and the method of applying the universal adhesive system did not influence the longevity of the NCCL restorations in up to 180 days.
Keywords: Adesivo universal
Lesões cervicais não cariosas
Resina composta
Fadiga mecânica
Padrão oclusal
Tensão de contração
Composite resin
Mechanical fatigue
Noncarious cervical lesion
Occlusal pattern
Shrinkage stress
Universal adhesive system
Odontologia
Resinas dentárias
Restauração (odontologia)
Oclusão (odontologia)
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA::CLINICA ODONTOLOGICA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Odontologia
Quote: MACHADO, Alexandre Coelho. Avaliação laboratorial e clínica de protocolos restauradores de Lesões Cervicais Não Cariosas. 2018. 129 f. Tese (Doutorado em Odontologia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberândia, 2018. Disponível em: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.te.2018.478 .
Document identifier: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.te.2018.478
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/22144
Date of defense: 2-Jul-2018
Appears in Collections:TESE - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AvaliaçãoLaboratorialClínica.pdf
  Until 2019-07-31
9.02 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.