Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/21955
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: O incremento da mobilidade internacional com contrato local e as políticas e práticas da área de recursos humanos
Alternate title (s): The increase of international mobility with local contract and human resource area policies and practices
Author: Lima, Daniela Farah de
First Advisor: Domingues, Carlos Roberto
First member of the Committee: Freitas, Maria Ester de
Second member of the Committee: Bueno, Janaína Maria
Third member of the Committee: Passos, Janduhy Camilo
Summary: Diante da necessidade de atuação global, os profissionais precisam apresentar flexibilidade de mobilidade internacional, nesta pesquisa entendida como a atuação do trabalhador em outro país que não o seu de origem. Destacam-se sete tipos de mobilidade internacional: expatriação, flexpatriação, movimento transfronteiriço, atribuição de curto prazo, impatriação, migração e expatriação auto iniciada – mais especificamente a modalidade com contrato local, objeto deste estudo. Esta pesquisa tem como tema o incremento da mobilidade internacional com contrato local e as políticas e práticas da área de recursos humanos. Como objetivos buscou-se identificar as estratégias e as políticas da área de recursos humanos com a intensificação dos contratos locais para a mobilidade internacional; identificar as práticas das áreas de recursos humanos no que diz respeito a mobilidade internacional com contrato local; e comparar, entre as empresas pesquisadas, as práticas de recursos humanos das organizações que trabalham com a mobilidade internacional do tipo contrato local. Em termos teóricos, considera-se a relevância do trabalho na vida dos indivíduos e as mudanças ocorridas no mercado de trabalho, o que levou os profissionais a repensarem seus empregos e suas carreiras, passando da gestão de carreira prioritariamente administrada pelas organizações para um modelo autodirigido, com destaque às carreiras proteanas e sem fronteiras. Outro aspecto refere-se à diferenciação das ações de RH em um contexto internacional, onde a área tem a função de desenvolver práticas para o gerenciamento dos empregados que atuam fora do seu país de origem. O desenvolvimento da gestão global possibilita o entendimento de um ambiente diversificado e a internacionalização passa a ser condição sine qua non para a sobrevivência das empresas. Em termos de procedimentos metodológicos esta é uma pesquisa de paradigma funcionalista, voltada para o problema e com foco em soluções práticas. A abordagem é qualitativa, de natureza aplicada, trata-se de um estudo de casos múltiplos de objetivos descritivo e analítico e os dados foram obtidos por meio de entrevista semiestruturada com gestores e analistas da área de Recursos Humanos. Foram entrevistados quatro profissionais, de organizações de diferentes ramos de atuação. A análise dos resultados mostrou práticas semelhantes entre as áreas de RH das empresas pesquisadas e a gestão estratégica das pessoas centralizada na matriz. Os RHs das subsidiárias são responsáveis pela operacionalização dos processos de mobilidade internacional com contrato local e não é feito, pelo RH de origem, o acompanhamento do empregado após a mudança para outro país, a gestão das pessoas fica a cargo da área no país de destino do auto iniciado com contrato local. Esta pesquisa tem aplicabilidade com a proposta de ações mais efetivas dos RHs das subsidiárias diante do contrato local, por meio da recepção e identificação do profissional global e ações de incentivo à carreira internacional, com a realização de seminários, palestras ou workshops e a criação de um banco de dados unificado de empregados interessados e com potencialidade para a atribuição internacional, com vistas a futuras contratações e desenvolvimento de programas de capacitação oferecidos a essas pessoas.
Abstract: In view of the need for global action, professionals need to present flexibility in international mobility, in this research understood as the performance of the worker in a country other than his or her country of origin. Seven types of international mobility are highlighted: expatriation, flexpatriation, cross-border movement, short-term assignment, inpatriation, migration and self-initiated expatriation - more specifically, the modality with local contract, object of this study. This research has as theme the increase of the international mobility with local contract and the policies and practices of the area of human resources. The objectives were to identify strategies and policies in the area of human resources with the intensification of local contracts for international mobility; identify practices in the areas of human resources with respect to international mobility with local contract; and to compare, among the companies surveyed, the human resource practices of organizations that work with international mobility of the local contract type. In theoretical terms, the relevance of work in the life of individuals and the changes in the labor market are considered, which led professionals to rethink their jobs and careers, from the management of the career, which is mainly managed by the organizations to a self-directed model, with emphasis on protean careers and without frontiers. Another aspect concerns the differentiation of HR actions in an international context, where the area has the function of developing practices for the management of employees who work outside their country of origin. The development of global management makes it possible to understand a diversified environment and internationalization becomes a sine qua non for the survival of companies. In terms of methodological procedures this is a functionalist paradigm research, focused on the problem and focused on practical solutions. The approach is qualitative, of an applied nature, it is a multiple case study of descriptive and analytical objectives and the data were obtained through a semi-structured interview with the managers and analysts of the Human Resources area. Four professionals were interviewed, from organizations from different fields of activity. The analysis of the results showed similar practices between the HR areas of the companies surveyed and the strategic management of the people centralized in the matrix. The HRs of the subsidiaries are responsible for the operationalization of the international mobility processes with local contract and it is not done, by the HR of origin, the monitoring of the employee after the change to another country, the management of the people is in charge of the area in the country of destination of the auto started with local contract. This research has applicability with the proposal of more effective actions of the HRs of the subsidiaries before the local contract, through the reception and identification of the global professional and actions of incentive to the international career, with the realization of seminars, lectures or workshops and the creation of a unified database of interested employees with potential for international assignment, with a view to future hiring and development of training programs offered to these people.
Keywords: Mobilidade Internacional
International Mobility
Mobilidade Profissional
Professional Mobility
Gestão da Mobilidade Internacional
International Mobility Management
Carreira Internacional
International Career
Contrato Local de Trabalho
International Management of Human Resources
Gestão Internacional de Recursos Humanos
Local Contract of Work
Administração
Administration
Recursos Humanos na Administração
Human Resources in Administration
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Gestão Organizacional (Mestrado Profissional)
Quote: LIMA, Daniela Farah de. O incremento da mobilidade internacional com contrato local e as políticas e práticas da área de recursos humanos. 2018. 150 f. Dissertação (Mestrado em Gestão Organizacional) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2018. Disponível em: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2018.560.
Document identifier: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2018.560
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/21955
Date of defense: 29-Jun-2018
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Gestão Organizacional (Mestrado Profissional)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
IncrementoMobilidadeInternacional.pdf6.55 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.