Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/21188
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Tecnologia, Trabalho e Educação : uma tríade de entusiasmo e paradoxos
Alternate title (s): Technology, Work and Education: A Triad of Enthusiasm and Paradoxes
Author: Vieira, Raphael Henrique de Araújo
First Advisor: França, Robson Luiz de
First coorientator: Omena, Adriana
First member of the Committee: Silva, Diva Souza
Second member of the Committee: Vidal, Maria Helena Candelori
Summary: Esta pesquisa tem por objetivo discutir as implicações laborais das mudanças observadas na sociedade contemporânea, com destaque à esfera educativa, diante do novo paradigma informacional engendrado pelo desenvolvimento das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs). Tal revolução informacional suscita transformações culturais diversas nos indivíduos e em todas as esferas sociais. Essas modificações permeiam o mundo do trabalho a partir de um novo contexto laboral, passam a compor o meio educativo e impõem novos desafios e demandas ao trabalho docente que merecem ser avaliadas. É, pois, necessário considerar não apenas a visão entusiasta da questão, mas também enfatizar seus contrapontos, a fim de estabelecer um ponto de vista amplo e crítico para um quadro ainda em desenvolvimento. Nesse sentido, o trabalho se propõe, através de um levantamento bibliográfico, a analisar algumas acepções para o termo tecnologia, que demonstra um amplo aspecto semântico. A questão, que envolve fatores filosóficos e ideológicos, é, muitas vezes, associada a um progresso sem precedentes, revestido de um otimismo que merece ser avaliado. Ademais, a pesquisa se debruça sobre o conceito de Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs), buscando desambiguá-lo frente às distintas nomenclaturas correntes. Discute-se, sob o viés histórico, a inserção das TICs no mundo educativo, a fim de construir-se um arcabouço teórico que conduza à compreensão do contexto educacional e laboral-docente contemporâneo que as envolve. Os possíveis novos papeis de alunos são abordados, bem como as novas atitudes docentes, seu contexto de formação, e as contradições que aí se constroem. O trabalho contempla um arcabouço teórico que discute, entusiasticamente, o contexto sócio informacional contemporâneo, conduzido pela lógica interconectada de redes. A nova configuração social, vista por alguns como uma “nova revolução industrial”, é pautada, alicerçando alterações que extrapolam o nível da informação e podem ser vistos como benéficos à sociedade. Nesse ínterim aponta-se também, sob tal viés, a configuração dos indivíduos e da aprendizagem no momento em questão. Em contrapartida, ratificando a ideia de abarcar visões paradoxais para a temática em foco, a pesquisa reúne posições divergentes ao deslumbrar tecnológico. Ao longo do texto explora-se o discurso ideológico que permearia a “revolução informacional”, abrumando a exclusão digital por ela construída, revestida de um fetichismo justificado por interesses sociais dominantes associados ao capital. Analisa-se, ainda, a definição do trabalho e suas relações intrínsecas à esfera educacional. Nessa relação, repleta de intensificação e flexibilização, no bojo das metamorfoses do labor contemporâneo, o papel das TICs é ponderado. Assim, a pesquisa discute e associa os elementos e os paradoxos que compõem a tríade “Tecnologia, Trabalho e Educação”, apontando a necessidade de discussão crítica e não unívoca para o assunto.
Abstract: This research aims to discuss the labor implications of the changes observed in contemporary society, with emphasis on the educational sphere, based on the new information paradigm engendered by the development of Information and Communication Technologies (ICTs). This information revolution provokes diverse cultural transformations in individuals and in all social spheres – these changes permeate the world of work from a new labor context, start to compose the educational domain and impose new challenges and demands on the teaching work that deserve to be evaluated. It is necessary to consider not only the enthusiastic view of the issue, but also to emphasize its counterpoints, in order to establish a broad and critical point of view for a developing framework. The research proposes, through a bibliographical survey, analyze some meanings for the term technology, which demonstrates an ample semantic aspect. The question, which involves philosophical and ideological factors, is often associated with unprecedented progress. In addition, the research focuses on the concept of Information and Communication Technologies (ICTs), in order to disambiguate it against the different current nomenclatures. The insertion of ICTs in the educational world is discussed according to the historical bias. The possible new roles of students are addressed, the new teaching attitudes, their context of formation, and the contradictions that are involved in this context. The new social configuration, seen by some as a "new industrial revolution", is based, stimulating changes that extrapolate the level of information and can be seen as beneficial to society. It is also considered (according to this vision) the configuration of individuals and their learning process at the discussed moment. On the other hand, ratifying the idea of embracing paradoxical visions for the theme in focus, the research brings together divergent positions in technological dazzle. The text explores the ideological discourse that would permeate the "information revolution", overwhelming the digital exclusion that it built. The research also discusses the fetishism justified by dominant social interests associated with capital. The definition of the labor and its intrinsic relation to the educational sphere is also analyzed. In this relationship, full of intensification and flexibilization. In the center of the metamorphoses of contemporary labor, the role of ICTs is considered. Thus, the research discusses and associates the elements and paradoxes that compose the triad "Technology, Labor and Education", pointing out the need for a critical and non-univocal discussion on the subject.
Keywords: Educação
Professores - Efeito de inovações tecnológicas
Tecnologia educacional
Professores - Formação
TICs
Trabalho docente
Education
ICTs
Teaching labor
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Tecnologias, Comunicação e Educação (Mestrado Profissional)
Quote: VIEIRA, Raphael Henrique de Araújo. Tecnologia, Trabalho e Educação : uma tríade de entusiasmo e paradoxos - 2017. 101 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologias, Comunicação e Educação) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.
Document identifier: x
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/21188
Date of defense: 10-Aug-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Tecnologias, Comunicação e Educação (Mestrado Profissional)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TecnologiaTrabalhoEducação.pdfDissertação901.33 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.