Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/20396
Document type: Trabalho de Conclusão de Curso
Access type: Acesso Aberto
Title: Validação e otimização de um modelo animal de fibromialgia em camundongos
Author: Silva, Kássio Coelho
First Advisor: Silva, Cássia Regina
First member of the Committee: Silva, Carlos Antônio Trindade da
Second member of the Committee: Justino, Alisson Benatti
Summary: A fibromialgia é caracterizada como sendo uma doença de dor crônica e difusa, que acomete o sistema musculoesqueletico, tendo a presença de multiplas regioes dolorosas denominado “tender points”. Além da dor, é comum que os individuos com fibromialgia apresentem desordens funcionais, tendo presente na maioria dos casos a ansiedade e depressão. A doença tem uma maior prevalência em mulheres, com a faixa etaria de 40 a 60 anos, e represenda até 1-5% da população geral, sendo a terceira doença reumatologica mais frequente. Doenças que causam dor crônica afetam negativamente a qualidade de vida dos pacientes, visto que o individuo se encontra com dificuldades para realizar atividades simples do dia a dia, buscando muitas vezes o isolamento social, e resultanto em grande parte das ausencias frequentes no trabalho. Por ser uma doença de etiologia desconhecida, a importancia de estudos que venham esclarecer seu mecânismo são necessarios para o entendimento da doença e desenvolvimento de tratamentos mais eficazes e seguros. Os modelos animais pré clinicos utilizados para o estudo da fibromialgia utilizados atualmente se baseiam na indução de hiperalgesia de longa duração, que mimetiza a dor crônica, mas não é capaz de compreender todo o perfil da fibromialgia. Assim, o objetivo deste trabalho é validar um modelo animal para fibromialgia em camundongos, onde todos os aspectos da doença possam ser avaliados, partindo-se de um modelo de hiperalgesia já descrito na literatura, onde crises dolorosas possam ser iniciadas por exposição a uma situação de estresse. Os resultados a parir dos 30 animais utilizados, separados em grupos de 10 camundongos machos e fêmeas que foi aplicado salina acidificada pH: 4 no músculo gastrocnêmio direito, e 10 camundongos machos onde foi aplicado reserpina intradermal, seguindo assim o protocol de nocicepção térmica e mecânica com a aplicação de acetona nas patas, e von frey, juntamente com as medidas de ansiedade e depressão, os resultados obtidos apresentou apenas significancia na medida de nocicepção mecânica no grupo de camundogos machos onde foi aplicada a salina acidificada, apresentando um perfil de queda de nocicepção, antes da indução do estresse por isolamento social, após o isolamento não teve resultados significativos, assim como os outros resultado, do mesmo grupo e dos outros grupos de animais. Assim vimos que o modelo de salina acidificada pH:4 e o modelo de reserpina, não foi capaz de mimetizar a doença como é ocorrida em humanos.
Keywords: Hiperalgesia
Dor crônica
Reserpina
Dor Musculoesqueletica
Tender points
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Quote: SILVA, Kássio Coelho. Validação e otimização de um modelo animal de fibromialgia em camundongos. 2017. 59 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biotecnologia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/20396
Date of defense: 7-Dec-2017
Appears in Collections:TCC - Biotecnologia (Uberlândia)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ValidaçãoOtimizaçãoModeloAnimal.pdfValidação e otimização de um modelo animal de fibromialgia em camundongos1.3 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.