Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18862
Document type: Tese
Access type: Acesso Embargado
Title: Intensificação e consentimento: reflexões sobre as atividades dos docentes do Ensino Público Superior (1990- 2013)
Author: Vieira, Mauro Machado
First Advisor: Seixas, Jacy Alves
First member of the Committee: Noronha, Gilberto Cezar de
Second member of the Committee: Almeida, Antônio de
Third member of the Committee: Jerônimo, Marilena Julimar Aparecida Fernandes
Fourth member of the Committee: Dantas, Sandra Mara
Summary: A tese aqui defendida parte do pressuposto de que a intensificação e o consentimento, praticados nas relações de trabalho industrial, se repetem nas relações de trabalho docente do Ensino Público Superior. Tomando como base as décadas de 1990 a 2013, a mudança de administração burocrática para gerencial do Estado brasileiro, iniciada no Governo Fernando Collor de Mello [1990-1992], sistematizada e efetivada no Governo Fernando Henrique Cardoso [1995-2002], foi o ponto crucial para a institucionalização de metas a serem cumpridas pelo corpo docente universitário. A administração gerencial é o instrumento que possibilita a implantação da política do Estado Mínimo – diminuir ao extremo gastos com o setor público e redução de impostos para a melhor circulação da produção interna e externa dos produtos industriais. Tal política gerencialadministrativa, embebida nas estratégias econômicas neoliberais, estende-se aos governos Luiz Inácio Lula da Silva [2003-2010] e Dilma Roussef [2011-2016]. Para a análise, do período supracitado, foram selecionados artigos científicos no sítio Scielo e na Revista Universidade e Sociedade/ANDES que testemunhassem diretamente as relações de trabalho docente no Ensino Público Superior. Durante o processo de pesquisa e leitura dos artigos, a representação da intensificação das relações de trabalho é evidenciada através de testemunhos que estandardizam o excesso de cobrança na produção/publicação de pesquisas no indicativo de quantidade versus qualidade. A prática do produtivismo científico e as regras para os financiamentos, que envolvem a quantidade de formandos bem como o número de produção científica, assumem forma de determinismo para a postura acadêmica do docente. Diante disso, o desligamento dos Programas de Pós-Graduação torna-se linha de fuga dos docentes para demonstrar o descontentamento com as novas regras, desgastes físicos e psicológicos.
Abstract: My thesis assumes that the intensification and consent, practiced in industrial labor relations, are repeated in the teaching labor relations Higher Public Education. Based on the decades from 1990 to 2013, the change of bureaucratic administration to management of the Brazilian state, which began in the Fernando Collor de Mello [1990- 1995], systematic and effective in the Fernando Henrique Cardoso [1995-2002], was the crucial point for the institutionalization of targets to be met the university faculty. The management board is the instrument that enables the implementation of the minimal state policy - the extreme decrease spending on the public sector and tax cuts for the better flow of domestic and foreign production of industrial products. Such managerialadministrative policy, embedded in the neoliberal economic strategies, extends the governments Luiz Inacio Lula da Silva [2003-2010]and Dilma Roussef [2011-2016]. For the analysis, the above-mentioned period, were selected scientific papers in the Scielo site and journal University and Society / ANDES directly witness the teaching labor relations in public higher education. During the process of research and reading the articles, the representation of the intensification of labor relations is evidenced by testimonials that standardize over-charging in the production / publication of research on the amount of indicative versus quality. The practice of scientific productivism and the rules for financing, involving from the number of graduates and the number of scientific, take the form of determinism for the academic position of teaching. Thus, the shutdown of Graduate Programs becomes line of flight of teachers to show dissatisfaction with the new rules, wear physical and psychological.
Keywords: História
História social
Ensino superior - Brasil - História -1990-2013
Universidades e faculdades públicas - Administração - 1990- 2013
Docente
Intensificação
Consentimento
Administração gerencial
Ensino Público Superior
Teacher
Intensification
Consent
Management Administration
Higher Public Education
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em História
Quote: VIEIRA, Mauro Machado. Intensificação e consentimento: reflexões sobre as atividades dos docentes do Ensino Público Superior (1990-2013). 2017. 138 f. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18862
Date of defense: 30-Mar-2017
Appears in Collections:TESE - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
IntensificacaoConsentimentoReflexoes.pdf
  Until 2019-05-30
Tese1 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.