Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17821
Tipo do documento: Dissertação
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Título: Leituras da ditadura civil-militar à luz da adaptação do texto teatral Milagre na cela para o filme A freira e a tortura
Autor(es): Firmino, Dênis Sebastião Ramos
Primeiro orientador: Arantes, Luiz Humberto Martins
Primeiro membro da banca: Santos, Regma Maria dos
Segundo membro da banca: Pereira, Kênia Maria de Almeida
Resumo: A pesquisa em tela possuiu como corpus o texto teatral do dramaturgo Jorge Andrade, intitulado Milagre na Cela (1977), e a adaptação deste para a sétima arte, que resultou na película A Freira e a Tortura (1983), dirigida pelo cineasta Ozualdo Candeias. Com base nessas distintas formas ficcionais, ou seja, textual e imagética, o principal objetivo do estudo foi responder à seguinte pergunta: quais os ressignificados estabelecidos ao se processar a adaptação do texto teatral para uma nova linguagem, neste caso, a cinematográfica? Ambas as obras foram concebidas durante o período da ditadura civilmilitar no Brasil. O texto de Andrade e o filme de Candeias representam, por intermédio das personagens da freira Joana e do delegado Daniel, os arbítrios e as violências cometidas pelo governo militar contra os cidadãos considerados subversivos. No enredo das duas obras, as convicções de madre Joana e a violência empreendida por Daniel à religiosa são a força motriz que conduzirá o desenrolar de ações e fatos em ambas as tramas, elementos esses potencializados por Candeias ao dirigir A Freira e a Tortura. A película foi produzida pelo viés de um gênero cinematográfico que, a princípio, não seria o canal ideal para refletir sobre o contexto do regime militar, qual seja: as comédias eróticas. Para assimilar os ressignificados da adaptação do texto Milagre na Cela para o cinema, os estudos se pautaram em teorias amparadas à luz dos estudos literários, do teatro e do cinema. Para compreender o contexto do regime militar, os estudos tiveram como norte textos como os que compõem o Relatório da Comissão Nacional da Verdade. Ademais, os elementos estéticos e temáticos utilizados por Candeias auxiliaram a assimilar como o cineasta elaborou uma nova leitura acerca do texto teatral do dramaturgo Jorge Andrade. Pelo crivo dos estudos comparados de literatura com outras artes, também houve o objetivo de entender como Milagre na Cela constituiu-se em objeto motivador para a produção de A Freira e a Tortura.
Abstract: The present research has as its corpus the theatrical text written by the playwright Jorge Andrade, named “Milagre na Cela” (1977), and its suiting to the seventh art, which in turn became the pellicle “A Freira e a Tortura” (1983), directed by the film-maker Ozualdo Candeias. Based on these different fictional forms, thus, textual and imagery , the mainly aim of this study was to answer to the following question , what are the reframes when we adapt the theatrical text to a new language, in this case, film language? Both plays were made during the civil-military dictatorship in Brazil. The text written by Andrade and the film directed by Candeias represent , through the nun character Joana and the police chief Daniel , the wills and the violences done by the military governor against some citizens considered subversives. In the plot from both plays, Joana´s convictions and the violence undertaken by Daniel to the religious woman are the strenghs that will conduct the unroll of actions and facts in both plots, whose elements were exploited by Candeias, when directing “A Freira e a Tortura”. The pellicle was produced by bias of a film-maker genre which, at first, would not be the ideal channel to reflect about the context of the military regime, which are the erotic comedies. To assimilate the reframes of the adaptation from the text Milagre na Cela to the movies, the studies were based on theories supported on literary studies from the theater and from the movies. To understand better the context of the military regime, the studies had some texts from the “Relatório da Comissão Nacional da Verdade”. Moreover, the aesthetic and thematic elements used by Candeias helped him to assimilate how he made a new reading concerning the theatrical text from the playright Jorge Andrade. Comparing the literature studies with others arts, we also had the aim to understand how the plot Milagre na Cela became a motivating object for the production of A Freira e a Tortura.
Palavras-chave: Literatura
Literatura brasileira - História e crítica
Literatura e cinema
Adaptações para o cinema
Adaptação
Milagre na Cela
Jorge Andrade
A Freira e a Tortura
Ozualdo Candeias
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::TEORIA LITERARIA
Idioma: por
País: Brasil
Editora: Universidade Federal de Uberlândia
Programa: Programa de Pós-graduação em Letras
Citação: FIRMINO, Dênis Sebastião Ramos. Leituras da ditadura civil-militar à luz da adaptação do texto teatral Milagre na cela para o filme A freira e a tortura. 2016. 181 f. Dissertação (Mestrado em Teoria Literária) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016. Disponível em: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2016.395
Identificador do documento: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2016.395
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17821
Data de defesa/publicação: 8-Jul-2016
Aparece nas coleções:DISSERTAÇÃO - Estudos Literários

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LeiturasDitaduraCivil-Militar.pdfDissertação9.18 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.