Receber atualizações
por e-mail
Repositório Institucional Repositório Institucional
 

RI UFU >
CIÊNCIAS HUMANAS >
IPUFU - Instituto de Psicologia >
IPUFU - Teses e dissertações >

Utilize este link para identificar ou citar este item: http://hdl.handle.net/123456789/1514

Título: Validade e fidedignidade da versão brasileira do questionário imagem corporal após o câncer de mama
Autor(es): Souza, Vanessa Cristina de
Orientador(es): Lopes, Ederaldo Jose
Palavras-chave: Psicologia
Análise fatorial
Câncer de mama
Imagem corporal
Imagem corporal em mulheres
Mamas - Câncer - Aspectos psicológicos
Factor analysis
Breast cancer
Body image
Body image after breast cancer questionnaire
Data de publicação: 11-Nov-2010
Citação: SOUZA, Vanessa Cristina de. Validade e fidedignidade da versão brasileira do questionário imagem corporal após o câncer de mama. 2010. 78 f. Dissertação (Mestrado)-Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2010.
Resumo: O presente estudo teve como objetivo validar para a amostra de mulheres brasileiras o Body Image After Breast Cancer Questionnaire (BIBCQ). Esse questionário tem por objetivo avaliar a imagem corporal da mulher acometida pelo câncer de mama e que se submeteu a cirurgia para retirada do tumor, com perda total ou parcial da mama no processo. A versão original é composta por 53 itens, divididos em 6 escalas: vulnerabilidade, estigma corporal, limitações, preocupação com o corpo, transparência/obviedade e preocupação com o braço. Para o processo de validação, a amostra foi composta de 268 mulheres, pacientes do Hospital do Câncer do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia, com índices KMO de 0,845 e 0,832, para a primeira e segunda parte do questionário respectivamente. Para avaliar a estrutura fatorial e a confiabilidade do instrumento, o questionário foi dividido em duas partes, a primeira com a escala de concordância, e a segunda com a escala de freqüência. Ao proceder a análise de componentes principais, foram obtidos 6 componentes, mas os itens não apresentaram a divisão original e respondiam por uma porcentagem muito pequena da variância, motivo pelo qual realizou-se uma análise fatorial confirmatória de eixos principais. Assim, foi possível obter os itens divididos em dois fatores para a escala de concordância – Defectividade e Imagem Positiva do Corpo; e dois para a escala de freqüência – Preocupação com a Doença e Capacidade Física e Percepção de Defectividade pelo Outro. Quanto ao índice de confiabilidade (α de Cronbach), foram bastante satisfatórios nas duas escalas, 0,865 na primeira e 0,848 na segunda. Os resultados foram discutidos em termos dos resultados originais apresentados pelos autores do questionário e a versão final brasileira está pronta para ser utilizada, com 6 itens a menos da versão canadense.
Descrição: Dissertação (mestrado)-Universidade Federal de Uberlândia, Instituto de Psicologia, Programa de pós-graduação em Psicologia, 2010.
Aparece na Coleção:IPUFU - Teses e dissertações

Arquivos neste item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
ValidadeFidedignidadeVersao.pdf662.58 kBAdobe PDFver/abrir
Recomendar este item

Todos os itens no repositório estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.

 

Valid XHTML 1.0! Universidade Federal de Uberlândia - Repositório Institucional
Copyright © 2008 MIT & HP. Todos os direitos reservados. -