Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13613
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorRibeiro, Elisa Antonia
dc.date.accessioned2016-06-22T18:35:34Z-
dc.date.available2010-10-20
dc.date.available2016-06-22T18:35:34Z-
dc.date.issued2010-08-24
dc.identifier.citationRIBEIRO, Elisa Antonia. O processo de autoavaliação institucional proposto no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES) para as instituições públicas e privadas. 2010. 320 f. Tese (Doutorado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2010.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13613-
dc.description.abstractThis thesis deals with the process of effecting the proposed institutional self-evaluation by the Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), held in Higher Education Institutions (HEIs) Private and Public perceptions of its actors, and the amendment of the aspects of teaching performance in classroom from the results of the evaluation teacher. The objectives were: to understand the changing political, social and economic that have occurred in recent decades, with the backdrop of the reconfiguration of the state and its relationship with current assessment policies for higher education, understand the formation of the field of evaluation of higher education highlighting the area of institutional assessment, analyzing the origins of systems of higher education until the actual moment of implementation of the SINAES; compare the effective processes of institutional self-evaluation in Public and Private HEIs and to determine which aspects of educational performance are being modified from the results of the evaluation teaching. The assumptions were that SINAES to determine the requirement of including systematic institutional self-evaluation led to the expansion of scientific evaluation in the area of IES and teaching performance is being rethought in light of the results of teacher assessment. The categories used were: the importance of evaluation of institutions of higher education, deployment and current stage of the process of selfassessment in HEIs; difficulties of operation, institutional benefits, use of results, participation and incorporation of results of self-assessment in educational performance. We made a detailed theoretical research on the constitution of the State Assessor, training for the field of institutional assessment and the formulation of Law 10.861 of April 14, 2004. In the empirical field, we conducted a comparative study on the process of realization of self-evaluation in two institutions of higher education. The research involved in private HEIs, two leaders, 56 teachers and 318 students, in public HEIs, four officers, 10 teachers and 35 students, included also the study of the Institutional Self-evaluation of projects and Final Reports of the first and second cycles HEIs. The results indicated that the two IES, the process of self-assessment is developing according to the following phases: in 2004, a period of collective construction of the proposed self-assessment; from 2005 to 2006, a period of an institutional "euphoria", overwhelmingly, by the strong performance of the CPA; in the setting of the institution, end 2008 to 2009, the issue of self-assessment loses focus internally, influenced by new guidelines for carrying out the evaluation of higher education determined by the Ministry of Education. We also confirm the assumption that some aspects of the classroom related to teaching performance are being altered and rethought in light of the results of teacher assessment and evaluation of current policies for higher education.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Uberlândiapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectPolítica de pública de avaliaçãopor
dc.subjectEnsino superiorpor
dc.subjectAvaliação institucionalpor
dc.subjectInstituição de ensino superiorpor
dc.subjectAutoavaliaçãopor
dc.subjectAvaliação docentepor
dc.subjectPublic policy evaluationeng
dc.subjectHigher educationeng
dc.subjectInstitutional assessmenteng
dc.subjectInstitution of higher educationeng
dc.subjectSelf evaluationeng
dc.subjectTeaching evaluationeng
dc.subjectEnsino superior - Avaliaçãopor
dc.subjectAvaliação educacionalpor
dc.titleO processo de autoavaliação institucional proposto no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES) para as instituições públicas e privadaspor
dc.typeTesepor
dc.contributor.advisor1Marques, Mara Rubia Alves
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4773891A6por
dc.contributor.referee1Rothen, José Carlos
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4770235A6por
dc.contributor.referee2Naves, Marisa Lomônaco de Paula
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4708092A9por
dc.contributor.referee3Rodrigues, Marilúcia de Menezes
dc.contributor.referee3Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4767523J6por
dc.contributor.referee4Barreyro, Gladys Beatriz
dc.contributor.referee4Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4765312A2por
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4227723H9por
dc.description.degreenameDoutor em Educaçãopor
dc.description.resumoEsta tese trata do processo de efetivação da autoavaliação institucional proposto no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES) para as Instituições de Ensino Superior (IES) Pública e Privada na percepção de seus atores, bem como da alteração dos aspectos da atuação docente em sala de aula a partir dos resultados da avaliação docente.. Os objetivos foram: compreender as transformações político-social-econômicas ocorridas nas últimas décadas, tendo como pano de fundo a reconfiguração do Estado e a sua relação com as atuais políticas de avaliação para a educação superior; identificar a formação do campo da avaliação da educação superior, destacando a área da avaliação institucional; analisar as origens dos sistemas de avaliação da educação superior até o atual momento da implementação do SINAES; comparar o processo de efetivação da autoavaliação institucional nas IES Pública e Privada e verificar quais os aspectos da atuação docente estão sendo modificados a partir dos resultados da avaliação docentes. Os pressupostos foram que: o SINAES ao determinar a obrigatoriedade da realização sistemática da autoavaliação institucional provocou o aumento do capital científico na área da avaliação nas IES e a atuação docente está sendo repensada em função dos resultados da avaliação docente. As categorias empregadas nesta pesquisa foram: importância da avaliação, implantação e estágio atual do processo de autoavaliação nas IES, dificuldades de operacionalização; benefícios institucionais, uso dos resultados, participação e incorporação dos resultados da autoavaliação na atuação docente. Para tanto, realizamos uma detalhada pesquisa teórica sobre a constituição do Estado Avaliador, formação do campo da avaliação educacional, com ênfase nos enfoques avaliativos emancipatório e regulatório, evolução dos sistemas de avaliação da educação superior no Brasil, formulação e implantação do SINAES e a atualização das medidas implementadas pelo governo. No campo empírico, foi desenvolvido o estudo de caso comparativo sobre o processo de efetivação da autoavaliação em duas instituições de ensino superior. Participaram da pesquisa, na IES privada, dois dirigentes, 56 docentes e 318 discentes. Na IES pública, os participantes foram quatro dirigentes, 10 docentes e 35 discentes. Com o grupo dos dirigentes utilizamos a técnica da entrevista semiestruturada e para o grupo dos docentes e discentes, o questionário com questões fechadas e abertas. No levantamento dos dados, incluiu, ainda, o estudo dos projetos de autoavaliação institucional e os relatórios finais do 1º e 2º ciclos avaliativos. Os resultados indicaram que nas duas IES o processo de autoavaliação vem se desenvolvendo de acordo com as seguintes fases: ano de 2004, período referente à construção coletiva da proposta de autoavaliação; 2005 a 2006, período de euforia institucional, sobremaneira, pela forte atuação da CPA, no cenário da instituição, no final de 2008 a 2009, o processo de autoavaliação perde destaque internamente, influenciado pelas novas orientações do Ministério da Educação para a avaliação da educação superior. Confirmamos também o pressuposto de que alguns aspectos da sala de aula relativos à atuação docente estão sendo alterados e repensados em função dos resultados da avaliação docente, bem como das atuais políticas de avaliação para a educação superior. Na IES privada, a alteração da atuação docente está mais vinculada à questão de relacionamento professor x aluno enquanto que na IES pública, a alteração está mais vinculada à questão pedagógicapor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Educaçãopor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAOpor
dc.publisher.departmentCiências Humanaspor
dc.publisher.initialsUFUpor
Appears in Collections:TESE - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Elisa.pdf2.23 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.