Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13405
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Abelhas visitantes florais em um fragmento de floresta estacional semidecidual em Uberlândia-MG
Other Titles: Flower-visiting bees in a Semideciduous Forest fragment in Uberlândia-MG
metadata.dc.creator: Aidar, Isabel Farias
metadata.dc.contributor.advisor1: Ferreira, Fernanda Helena Nogueira
metadata.dc.contributor.referee1: Gaglianone, Maria Cristina
metadata.dc.contributor.referee2: Augusto, Solange Cristina
metadata.dc.description.resumo: Estudos sobre dinâmicas de abelhas nos ecossistemas são importantes para a compreensão da diversidade de populações e das interações entre as espécies. As abelhas buscam nas plantas recursos necessários para sobrevivência, como pólen, néctar, óleo e resina. Além disso, são os polinizadores mais eficazes de plantas nativas, exercendo um importante papel na manutenção das florestas. Redes de interações abelha-planta podem fornecer informações úteis para a conservação e manejo de polinizadores. O estudo da guilda de abelhas é um ponto de partida para entendermos a estrutura da comunidade, permitindo ainda o conhecimento de outros aspectos ecológicos, como a partição de recursos e a competição. O objetivo deste trabalho foi inventariar e construir a rede de interações abelha-planta em um fragmento de Floresta Estacional Semidecidual (FES) em Uberlândia e estudar a estrutura de guilda de abelhas visitantes florais da planta mais atrativa, no mesmo local. As abelhas foram coletadas com redes entomológicas nas flores em um transecto de 200m na borda do fragmento e sacrificadas em câmara mortífera contendo acetato de etila. A cada horário amostrado foram registradas a temperatura e a umidade relativa do ar utilizando-se um termo-higrômetro digital. Na primeira etapa, o trabalho foi desenvolvido entre outubro de 2010 e setembro de 2011, mensalmente, das 8h00min às 14h30min. Na segunda etapa, as coletas foram realizadas entre abril e junho de 2012 e 2013, por uma hora e meia a cada dia amostrado, entre 7h00min e 17h30min. Foi calculado o índice NODF da rede de interações abelha-planta e a centralidade por intermédio. Na segunda etapa, as abelhas foram medidas com um paquímetro digital e classificadas em 5 classes de tamanho. Para analisar a partição temporal por recursos das abelhas visitantes florais da planta mais atrativa, foi realizado o teste Kruskal-Wallis entre as espécies mais abundantes para cada horário e entre a classe de tamanho e abundância das abelhas para cada um dos horários amostrados. Para analisar a atividade de forrageamento dessas abelhas ao longo do dia, realizou-se uma Análise de Variância (ANOVA) das abundâncias de abelhas nos horário de visita. Também foi realizado o teste Kruskal-Wallis entre a classe de tamanho das abelhas e sua abundância em todo o estudo. A rede de interações apresentou-se aninhada (NODF = 10.97; p = 0.03) e foi composta por 67 espécies de abelhas e 25 espécies de plantas, sendo que as espécies de abelha e planta que apresentaram maiores índices de centralidade foram Apis mellifera e Merremia macrocalyx, respectivamente. Na segunda etapa do trabalho, foram amostradas 55 espécies de abelhas visitando a planta mais atrativa encontrada no local (M. macrocalyx). A abundância diferiu significativamente entre os horários de visita (F= 7.415; p < 0.001) e entre as classes de tamanho (H=112.245, p<0.001), porém não houve partição temporal. A rede de interações abelha-planta gerada é aninhada, o que lhe confere estabilidade, demonstrando sua importância para a conservação do fragmento. Merremia macrocalyx mostrou-se uma espécie importante na atratividade das abelhas, desempenhando um papel chave na manutenção da comunidade.
Abstract: Studies of bees dynamics on ecosystems are important for understanding the diversity of populations and interactions between species. The bees seek in plants the resources needed to survival, such as pollen, nectar, oil and resin. Also, are the most effective pollinators of native plants, playing an important role in maintenance of forests. Bee-plant interactions networks can provide useful information for conservation and management of pollinators. The study of the bees guild is a starting point for understanding the community structure, still allowing the knowledge of other environmental aspects such as resources partition and competition. This study aimed to identify and build the bee-plant interactions network, in a Semideciduous Forest (SF) fragment in Uberlândia and study the guild structure of flower-visiting bees of the most attractive plant at the same location. Bees were collected with entomological nets on flowers in a 200m transect at forest edge and sacrificed in a chamber with ethyl acetate. Temperature and relative umidity were recorded hourly using a digital thermo-hygrometer. In the first stage, the study was conducted between October 2010 and September 2011, monthly, from 8h00 AM to 2:30 PM. In the second stage, samples were collected between April and June 2012 and 2013, for an hour and a half each day sampled, during the activity period from 7h00 AM to 5:30 PM. The NODF index of the bee-plant interactions network and betweenness centrality was calculated. In the second stage, bees were measured with a digital caliper and classified into 5 size classes. To analyze the temporal partition of floral resources by bees visiting the most attractive plant, the Kruskal-Wallis test was performed between the most abundant species for each horary and between the size class and bee abundance for each of the sampled horary. To analyze the bees activity foraging throughout the day, we did an Analysis of Variance (ANOVA) between bee abundance and the visit horary. The Kruskal-Wallis test was also conducted between the bees size class and their abundance throughout the study. The interactions network was nested (NODF = 10.97 , p = 0:03) and composed of 67 bee species and 25 plant species, and the bee and plant species that had higher centrality were Apis mellifera and Merremia macrocalyx respectively. In the second stage of this study, we found 55 bee species visiting the most attractive plant (M. macrocalyx) at the site. Abundance differed significantly between visiting hours (F = 7.415 , p < 0.001 ) and between size classes (H = 112,245 , p < 0.001), but there was no temporal partition. The bee-plant interactions network generated is nested, which gives it stability, demonstrating its importance for the fragment conservation. Merremia macrocalyx proved to be an important species in the attractiveness of bees, performing a key role in maintaining the community.
Keywords: Rede de interações abelha-planta
Espécie-chave
Guilda de abelhas
Bee-plant interactions network
Key species
Guild of bees
Interação animal-planta
Abelha
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais
Citation: AIDAR, Isabel Farias. Flower-visiting bees in a Semideciduous Forest fragment in Uberlândia-MG. 2014. 81 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2014.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13405
Issue Date: 18-Feb-2014
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ecologia e Conservação de Recursos Naturais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AbelhasVisitantesFlorais.pdf1.66 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.