Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13268
Tipo de documento: Tese
Tipo de acceso: Acesso Aberto
Título: Ecologia das interações entre formigas e plantas com nectários extraflorais em uma savana neotropical: variação temporal na rede de interações e seus efeitos sobre a herbivoria foliar
Título (s) alternativo (s): Ecology of interactions between ants and plants with extrafloral nectaries in a neotropical savanna: temporal variation in the network of interactions and their effects on leaf herbivory
Autor: Lange, Denise
Primer orientador: Claro, Kleber Del
Primer miembro de la banca: Cornelissen, Tatiana Garabini
Segundo miembro de la banca: Silingardi, Helena Maura Torezan
Tercer miembro de la banca: Santos, Jean Carlos
Cuarto miembro de la banca: Ferreira, Fernanda Helena Nogueira
Quinto miembro de la banca: Pedroso, Everton Tizo
Resumen: Estudos de interações envolvendo formigas e plantas com nectários extraflorais são comuns na literatura, entretanto, devido à grande diversidade de espécies envolvidas e à variação nos resultados das interações, pouco se conhece a respeito da dinâmica e estrutura dessas relações no âmbito da comunidade. Dessa forma, este estudo propôs avaliar a estrutura da rede formada pela associação entre formigas e plantas com nectários extraflorais e o resultado dessa interação para o módulo mais representativo da comunidade de plantas do cerrado em um período de dois anos (setembro de 2008 a agosto de 2010). As espécies de plantas estudadas foram Caryocar brasiliense, Lafoensia pacari, Ouratea hexasperma, O. spectabilis, Qualea grandiflora, Q. multiflora, Q. parviflora, Stryphnodendron adstringens e S. polyphyllum. No total, 34 espécies de formigas estiveram associadas às nove espécies plantas. A rede de interação formada por esses dois grupos de organismos apresentou características semelhantes às outras redes mutualísticas, como: aninhamento, assimetria na especialização e baixa especialidade. Esse padrão se manteve durante os dois anos do estudo apesar de ter havido alterações na quantidade de associações e nas espécies de formigas presentes na rede. O pico de associações entre plantas e formigas correspondeu ao início da estação chuvosa, coincidindo com os meses de atividade dos nectários extraflorais de todas as espécies observadas. Nesse período, a proteção das formigas contra herbivoria foliar foi mais eficiente quando comparado com o período de inatividade dos nectários. Experimentos com exclusão de formigas mostraram que a proteção contra a herbivoria foliar foi efetiva para o conjunto das espécies nos dois anos do estudo. Entretanto, para algumas espécies, quando analisadas isoladamente, a redução na herbivoria não foi significativa. Esse fato pode estar relacionado com a atratividade das plantas às formigas, representada pela qualidade do néctar extrafloral, a qual variou entre as espécies de plantas e entre os períodos do dia (manhã, tarde, noite). Também foi evidenciada partição temporal das espécies de formigas no forrageamento nas plantas, sugerindo a existência de competição entre as espécies por recurso. Os resultados indicam que as interações formigas-plantas com nectários extraflorais no Cerrado formam associações complexas fortemente estruturadas, e que apesar de suas variações temporais, mantém o seu padrão e o benefício para a comunidade de plantas associadas. O estudo de um módulo da rede de interações mostrou-se viável para a aplicação de manipulação experimental, podendo ser considerado uma importante ferramenta para estudos envolvendo interações em comunidades.
Abstract: Studies of interactions between ants and plants with extrafloral nectaries are common in the literature, however, due to the great diversity of species involved and the variation in the results of interactions, little is known about the structure and dynamics of these relationships within the community. Thus, this study aimed to evaluate the network structure formed by ants and plants with extrafloral nectaries and the result of interactions for the most representative module of the cerrado plant community in a period of two years (from September 2008 to August 2010). The plant species studied were Caryocar brasiliense, Lafoensia pacari, Ouratea hexasperma, O. spectabilis, Qualea grandiflora, Q. multiflora, Q. parviflora, Stryphnodendron adstringens and S. polyphyllum. In total, 34 ant species were associated with nine plant species. The interactions network formed by these two groups of organisms exhibited similar characteristics to other mutualistic networks, such as nestedness, asymmetry in specialization and low specialty. This pattern held during the two years of study, although there were changes in number of associations and the ant species present in the network. The peak of associations between plants and ants occurred at the beginning of the rainy season, coinciding with the months of activity of the extrafloral nectaries of all species studied. In this period, the protection of ants against leaf herbivory was more efficient compared with the period of inactivity of nectaries. Experiments of ant exclusion showed that protection against leaf herbivory was effective for all species in the two years of study. However, for some species analyzed individually, the reduction of herbivory was not significant. This fact may be related to the attractiveness of plants to ants, represented by the quality of extrafloral nectar, which varied between plant species and among periods of the day (morning, afternoon, evening). Temporal partition of the species of ants foraging on plants was observed in this study, suggesting the existence of resource competition among species. Our results indicate that the ant-plant interactions with extrafloral nectaries in Cerrado form complex associations that are strongly structured, and that despite temporal variations, it retains the benefit to the associated plants. The study of a module of the network of interactions was important for the application of experimental manipulation and can be considered an important tool for studies of interactions in communities.
Palabras clave: Cerrado
Defesa biótica
Interações mutualísticas
Herbívoros
Partição temporal de recurso
Variação temporal
Cerrado
Biotic defense
Mutualistic interactions
Herbivores
Resource partition temporal
Temporal variation
Cerrados
Formiga - Ecologia
Relação inseto-planta
Área (s) del CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Editora: Universidade Federal de Uberlândia
Sigla de la institución: UFU
Departamento: Ciências Biológicas
Programa: Programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais
Cita: LANGE, Denise. Ecology of interactions between ants and plants with extrafloral nectaries in a neotropical savanna: temporal variation in the network of interactions and their effects on leaf herbivory. 2012. 112 f. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2012.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13268
Fecha de defensa: 28-feb-2012
Aparece en las colecciones:TESE - Ecologia e Conservação de Recursos Naturais

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
t.pdf1.9 MBAdobe PDFVista previa
Visualizar/Abrir


Los ítems de DSpace están protegidos por copyright, con todos los derechos reservados, a menos que se indique lo contrario.